Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9825
Title: Sociabilidades, espaço público e cultura : usos contemporâneos do patrimônio na cidade de João Pessoa
Authors: SCOCUGLIA, Jovanka Baracuhy Cavalcanti
Keywords: Sociabilidades; espaço público e cultura
Issue Date: 2003
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Baracuhy Cavalcanti Scocuglia, Jovanka; Augusto Souto Maior Fontes, Breno. Sociabilidades, espaço público e cultura : usos contemporâneos do patrimônio na cidade de João Pessoa. 2003. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Abstract: Esta tese analisa as interações sociais constituintes e resultantes das práticas culturais e sociais que se desenvolvem nas áreas de revitalização urbana, bem como a dinâmica da relação entre as políticas de gentrification e as práticas de preservação no Brasil, tendo como referencial empírico a revitalização do centro histórico da cidade de João Pessoa. A premissa central refere-se à possibilidade de que estes espaços componham lugares públicos cujas interações, apesar de baseadas no consumo e nos interesses de grupos específicos, também expressam sociabilidades e a construção de espaços a partir dos quais se podem conquistar direitos culturais e sociais. O argumento deste estudo desenvolve-se no sentido de mostrar a existência de formas de interação social e propostas concretas por parte dos sujeitos e dos grupos voltados para o envolvimento e o interesse coletivos. O trabalho concentra-se nas formas de uso e de participação ligadas às disputas por reconhecimento político e visibilidade pública associadas à memória da cidade e ao seu patrimônio cultural. Os usos e as participações (associações/dissociações, aproximações e afastamentos) foram identificados e analisados a partir da pesquisa com questionários e entrevistas, objetivando, com os primeiros instrumentos, caracterizar a população do Centro Histórico de João Pessoa, suas práticas e os significados atribuídos ao patrimônio cultural. Já nas entrevistas foram aprofundadas estas e outras questões incorporadas na investigação sócio-histórica realizada em arquivos públicos e privados e nos principais jornais da capital paraibana entre 1996-2002. Procurou-se identificar os fundamentos sócio-históricos e a dinâmica do processo de revitalização na cidade, bem como os principais atores sociais. Identificaram-se outros atores incorporados e interagindo nos espaços revitalizados na década de 1990, não apenas os gestores das políticas estatais, mas também os moradores, os usuários/consumidores, as associações não-governamentais, os grupos de artistas plásticos, os músicos, os estudantes, os intelectuais, os comerciantes e as prostitutas. Resultaram, desta experiência de gentrification do patrimônio cultural da cidade de João Pessoa, práticas e sociabilidades, espontâneas ou formalizadas, que não se restringiram nem resultaram apenas numa mesma lógica econômico-funcional. O estudo demonstra que esses fenômenos sociais são importantes de serem analisados e compreendidos, justamente por obedecerem a lógicas não-economicistas como a da reciprocidade e da participação popular que favorecem a circulação de bens simbólicos e materiais e o desdobramento de interações sociais baseadas em laços de solidariedade, amizade e associação, bem como reforçam as raízes culturais locais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9825
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9355_1.pdf2.47 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.