Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9801
Title: Avaliação dos parâmetros dosimétricos em feixes de Fótons de Radioterapia usando fototransistor SMT
Authors: SILVA, Jonas Oliveira da
Keywords: Fototransistor; Dosimetria; Raios-X; Radioterapia
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Oliveira da Silva, Jonas; Antonio Filho, João. Avaliação dos parâmetros dosimétricos em feixes de Fótons de Radioterapia usando fototransistor SMT. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: Um dos grandes desafios na dosimetria em radioterapia é garantir que a dose prescrita pelo radioterapeuta seja realmente a depositada no paciente. Para isso, cada vez mais é necessário o uso de detectores pequenos para avaliação dos parâmetros dos feixes. A dosimetria atual é feita utilizando detectores que apresentam diversos inconvenientes: alto custo, dificuldade de manuseio, não realização da leitura em tempo real, processo de obtenção da dose demorado e complexo. Portanto, um sistema alternativo tem sido sugerido através da utilização de detectores menores, baseado na tecnologia de semicondutores. Nesse trabalho, o fototransistor OP520 foi proposto para avaliar a dose e os parâmetros dosimétricos dos feixes de qualidade 6 MV de um acelerador linear. Inicialmente, foi feita a caracterização do fototransistor em laboratório e no hospital, posicionando-o num simulador plástico. Ao detector estavam ligados um eletrômetro desenvolvido no laboratório e um computador de instrumentação, completando o sistema dosimétrico. Para leitura da dose em tempo real, foi desenvolvido um programa computacional que controlava o eletrômetro. Percebeu-se que se conhecendo o comportamento do detector em relação à dose acumulada, encontra-se um fator de proporcionalidade que foi usado na estimativa da dose ao qual o fototransistor esteve submetido. Os resultados mostraram que as medidas da dose acumulada com o fototransistor estão dentro dos ±5% requeridos em protocolos internacionais. Em seguida, o dispositivo foi utilizado no acelerador linear para avaliar sua linearidade de resposta com a dose acumulada, que apresentou respostas com coeficientes de correlação maiores que 0,95. Contudo, os resultados mostraram que ele apresenta dependência com a taxa de dose e alta dependência angular. Na avaliação dos parâmetros dosimétricos, a medição do fator campo com o fototransistor que foi realizada, mostrou boa concordância com os valores obtidos com a câmara Markus, usada como referência. Os perfis dos campos utilizados foram medidos varrendo os campos em intervalos de 5,0 mm, mostrando que o fototransistor OP520 apresenta alta resolução espacial. Nas medidas em profundidade, tem-se que o fototransistor OP520 descreve bem a região de equilíbrio eletrônico, embora devido à perda de sensibilidade para maiores profundidades ele apresente resposta menor que a câmara de ionização
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9801
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Tecnologias Energéticas e Nucleares

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8651_1.pdf1.59 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.