Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9783
Title: Estratégia de saúde da família: um estudo sobre o processo e as condições de trabalho dos trabalhadores de saúde
Authors: Ilk Nunes de Albuquerque, Maria
Keywords: Condições de Trabalho;Trabalhadores de Saúde da Família;Processo de trabalho
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Ilk Nunes de Albuquerque, Maria; Cristina de Souza Vieira, Ana. Estratégia de saúde da família: um estudo sobre o processo e as condições de trabalho dos trabalhadores de saúde. 2011. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Este estudo objetivou analisar o processo e as condições de trabalho na Estratégia de Saúde da Família (ESF), do município do Recife. O trabalho na Saúde da Família deverá ser desenvolvido por uma equipe multiprofissional - formada por um médico, uma enfermeira, um auxiliar ou técnico de enfermagem, um dentista, um auxiliar de saúde bucal e/ou um técnico em saúde bucal -, de forma interdisciplinar, em um território delimitado com população adstrita. O marco teórico-metodológico possibilitou, através de uma abordagem qualitativa, evidenciar que o processo de trabalho na Saúde da Família é pautado numa lógica altamente prescritiva que caracteriza, de forma geral, o trabalho assalariado no capitalismo. A partir da observação e das entrevistas realizadas com os profissionais da Saúde da Família depreende-se que não atuam em equipe; se conformam em um grupo de trabalho, cuja operacionalização das ações/atividades ocorre, predominantemente, de forma individualizada, por categoria profissional. Este estudo evidenciou outros elementos importantes, como: a polivalência com autonomia relativa na atuação dos trabalhadores; a reduzida mobilidade para se organizarem coletivamente, dificultada pela falta de tempo, que advêm da responsabilização pelo atendimento a uma população de mais ou menos 4.000 pessoas, e ainda comprometida pela dedicação a múltiplos vínculos e a multi-empregos; os salários são baixos e diferentes para profissionais do mesmo nível de formação, mesma carga horária, porém, de diferentes categorias que compartilham o mesmo grau de responsabilidade, etc. Consideramos que a complexa dinâmica do trabalho na Estratégia de Saúde da Família, inserida no contexto das transformações contemporâneas no mundo do trabalho, se caracteriza, principalmente através da manipulação (e captura) da subjetividade do trabalhador que promove alterações na forma de ser e de agir dos trabalhadores; pela intensificação da exploração da força de trabalho
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9783
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9405_1.pdf1.78 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.