Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9774
Title: Avaliação da qualidade de imagem e do índice volumétrico de Kerma Ar em tomografia computadorizada (CVOL) em Recife
Authors: Ely Almeida Andrade, Marcos
Keywords: Tomografia computadorizada; Qualidade de imagem; Dosimetria
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Ely Almeida Andrade, Marcos; Jamil Khoury, Helen. Avaliação da qualidade de imagem e do índice volumétrico de Kerma Ar em tomografia computadorizada (CVOL) em Recife. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: A Tomografia Computadorizada (TC) é um importante método de diagnóstico por imagem, amplamente utilizado. Entretanto, apesar de suas vantagens e dos avanços tecnológicos que vêm ocorrendo com os equipamentos de TC, os procedimentos tomográficos resultam em altas doses absorvidas nos pacientes. O objetivo deste trabalho foi efetuar um estudo dosimétrico nos tomógrafos localizados na cidade do Recife e avaliar a qualidade da imagem em procedimentos tomográficos efetuados nestes equipamentos. Foram estimados o índice volumétrico de kerma ar em tomografia computadorizada (CVOL) e o produto kerma ar pelo comprimento de varredura (PKL,CT). Estes valores foram calculados utilizando índices normalizados de kerma ar ponderado em fantomas dosimétricos de TC (nCW), fornecidos pelo grupo ImPACT para diversos tomógrafos, e os parâmetros de irradiação para procedimentos tomográficos de crânio de rotina, tórax de rotina e tórax alta-resolução realizados em 20 instituições. Os parâmetros de irradiação de 15 pacientes adultos para cada procedimento foram registrados em seis instituições participantes do estudo, nas quais o fantoma do programa de acreditação em tomografia do Colégio Americano de Radiologia (ACR) foi utilizado para avaliar a qualidade da imagem. Para exames de crânio, os valores de CVOL variaram entre 12 e 58 mGy (para fossa posterior) e entre 15 e 58 mGy (para o cérebro) e os valores de PKL,CT, entre 150 e 750 mGycm. Valores de CVOL de varreduras de rotina do tórax variaram de 3 a 26 mGy, enquanto que o PKL,CT variou de 120 a 460 mGycm. Com relação aos exames de tórax em alta-resolução, o CVOL apresentou valores de 1,0 a 2,7 mGy e o PKL,CT, de 24 a 67 mGycm. Os resultados da avaliação de qualidade de imagem mostraram que quase todos os tomógrafos apresentaram pelo menos uma não conformidade. Um dos equipamentos apresentou falhas em 70% dos testes. Com relação ao ruído de imagem, apenas dois tomógrafos mostraram resultados aceitáveis. A partir deste estudo, conclui-se que os valores dos índices volumétricos de kerma ar em TC para os tomógrafos estudados estão abaixo dos níveis de referência europeus. Entretanto a qualidade de imagem destes equipamentos não atende a todos os requisitos do Colégio Americano de Radiologia, sugerindo a necessidade de implantação de programas de garantia de qualidade nas instituições avaliadas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9774
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Tecnologias Energéticas e Nucleares

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8643_1.pdf3.58 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.