Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9742
Title: Associativismo urbano: o protagonismo das Associações de Moradores na contemporaneidade
Authors: Sousa, Maria José Rodrigues de
Keywords: Participação; Associativismo urbano; Sociedade; Estado
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: José Rodrigues de Sousa, Maria; Aline Albuquerque Costa, Anita. Associativismo urbano: o protagonismo das Associações de Moradores na contemporaneidade. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Esta dissertação que tem como tema Associativismo Urbano: o protagonismo das associações de moradores na contemporaneidade tem o objetivo geral de apreender a direção social das ações desenvolvidas pelas associações de moradores, no município de Picos (PI), considerando a relação Estado/sociedade em nível local. Os objetivos específicos são: identificar as determinações que configuram o atual perfil político/social das associações de moradores no município; analisar o processo de participação das associações e seus mecanismos de deliberação; caracterizar as associações de moradores e sua identidade, como canais de participação social, considerando sua inserção nas ações públicas, negociação e controle democrático. Justifica a escolha do tema a importância das associações de moradores para a sociedade, colocada como importante instrumento de participação na tomada de decisão, que como intelectual, eleva a população ao mais alto grau de competência na luta pela promoção da cidadania, elevando assim os padrões de crescimento ético-político da sociedade. A metodologia utilizada é uma análise orientada pelo método de abordagem histórico-dialético. O universo da pesquisa é constituído por 22 associações de moradores existentes no município, das quais, 15 no momento da pesquisa encontram-se em condições ativas, as demais, em inatividade. A amostragem empregada no levantamento de dados conta com 12 associações de moradores - primeiro semestre/2011. Utiliza-se entrevistas semiestruturadas com 80 associados e 15 moradores, sendo conduzidas nos próprios bairros, entrevista aberta com 8 dirigentes das associações e 3 representantes da administração pública, conduzidas num clima de informalidade, além de entrevistas complementares com 6 pessoas da comunidade para esclarecimento e aprofundamento de dados. Também são realizadas observação participante e pesquisa documental. Os resultados apontam que as associações de moradores deixam mais a sua ação político formativa para assumirem uma linha mais propositiva e executora das políticas sociais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9742
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6509_1.pdf1.78 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.