Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9609
Title: Estudo químico, antimicrobiano, larvicida e antitermítico do cerne da madeira de lei Hymenaea stigonocarpa Mart. ex Hayne
Authors: de Albuquerque Maranhão, Cláudia
Keywords: Madeira de lei; Hymenaea stigonocarpa; Aedes aegypti; Nasutitermes corniger; flavonóides
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Albuquerque Maranhão, Cláudia; Wilhelm Bieber, Lothar. Estudo químico, antimicrobiano, larvicida e antitermítico do cerne da madeira de lei Hymenaea stigonocarpa Mart. ex Hayne. 2009. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Química, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: Hymenaea stigonocarpa é conhecida popularmente como jatobá-do-cerrado, jataíba ou jitaí. É tradicionalmente utilizada no tratamento de bronquites e como antiinflamatório, contudo, é mais conhecida por sua madeira ser resistente ao apodrecimento e ao ataque de térmitas, sobressaindo-se entre as chamadas madeiras de lei . Este estudo visa contribuir para o conhecimento fitoquímico e biológico do cerne obtido do tronco de H. stigonocarpa. Para a realização deste estudo, o espécime foi coletado em Caxias/MA. Com o cerne deste espécime foram preparados três extratos utilizando-se três solventes de diferentes polaridades: cicloexano, acetato de etila e metanol. Estes extratos foram utilizados para a realização dos estudos fitoquímico e biológico desta madeira de lei. Do extrato em cicloexano foram separados e identificados diversos ácidos: palmítico, mirístico, oléico e linoléico, através do uso de cromatografia clássica e gasosa acoplada ao espectrômetro de massas. O extrato obtido com o solvente acetato de etila foi fracionado através de cromatografia em coluna, utilizando como fases estacionárias sílica e sephadex, obtendo-se quatro flavonóides: 7-metóxi-catequina, quercetina, taxifolina e 3-metóxi-3 ,4 ,5,7-tetraidróxiflavanona. A identificação estrutural destes flavonóides foi realizada através de RMN de 1H e de 13C (uni e bidimensionais) e pela comparação dos dados aqui obtidos com dados espectrais disponibilizados na literatura. Foram realizados ensaios para a avaliação do potencial biológico dos três extratos da madeira de lei estudada. Primeiramente, os extratos da madeira de H. stigonocarpa foram avaliados quanto à sua atividade antitermítica e, neste ensaio, todos os extratos apresentaram atividade contra Nasutitermes corniger. Em seguida, foram avaliadas as atividades antimicrobiana e larvicida para larvas de Aedes aegypti dos três extratos e de dois flavonóides isolados (3-metóxi-3 ,4 ,5,7- tetraidróxiflavanona e 7-metóxi-catequina). Os extratos obtidos com os solventes acetato de etila e metanol apresentaram atividade significativa frente aos microorganismos Staphylococcus aureus, Bacillus subtilis e Mycobacterium smegmatis. Dois flavonóides isolados apresentaram atividade frente a S. aureus. Nos ensaios biológicos para a verificação da atividade larvicida, apenas o extrato em cicloexano e a 3-metóxi-3 ,4 ,5,7-tetraidróxiflavanona tiveram potencial larvicida estatisticamente significativo. Em seguida, os extratos da madeira de H. stigonocarpa foram avaliados frente ao crescimento do fitopatógeno Fusarium moniliforme, apenas o extrato em cicloexano apresentou atividade. Finalmente, foram realizados estudos frente ao crescimento do fungo apodrecedor de madeira Phanerochaete chrysosporium. O pó da madeira de lei estudada mostrou-se resistente à proliferação deste microorganismo
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9609
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo921_1.pdf3.3 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.