Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9582
Título: Compactação do solo : alterações nos atributos físicos, químicos e biológicos de um neossolo flúvico
Autor(es): Ferreira Viana, Eliane
Palavras-chave: Práticas agrícolas; Perda de nutrientes do solo
Data do documento: 2004
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Ferreira Viana, Eliane; Colaço, Waldeciro. Compactação do solo : alterações nos atributos físicos, químicos e biológicos de um neossolo flúvico. 2004. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Resumo: O manejo eficiente do solo propõe a utilização correta de práticas agrícolas no sentido de minimizar a desestruturação, a compactação e a perda de nutrientes do solo, principais causadores de sua degradação. A preocupação reside no fato de que os impactos causados pela compactação podem estar relacionados também com a capacidade do solo em perder C tendo esse efeito forte influência na emissão de CO2 para a atmosfera. Por outro lado, a indução a mutação, ferramenta valiosa no desenvolvimento de materiais genéticos tolerantes ou resistentes a adversidades ambientais, pode ser bastante útil no desenvolvimento de culturas em solos compactados. Considerando esses aspectos objetivou-se, investigar o efeito da compactação, conteúdos de água e modos de aplicação de materiais orgânicos, na liberação do CO2 do solo. Procurou-se, ainda, avaliar o desenvolvimento do feijão caupi [Vigna unguiculata, (L.) Walp], variedade IPA 206, em um Neossolo flúvico artificialmente compactado, adicionado de diferentes materiais (esterco, NPK, organomineral-I e organomineral-II). Avaliou-se também o desenvolvimento caupi quando suas sementes foram submetidas à irradiação-gama (60Co) e cultivadas em solo compactado e não compactado, em casa de vegetação, por 60 dias. A adição isolada de borra de café e algas marinhas, ao solo, influenciou a liberação do CO2 do solo, refletindo variações na dinâmica da microbiota heterotrófica do solo. A velocidade de liberação de CO2 diminuiu com o aumento na densidade global do solo, evidenciando reduções na aeração. A altura de planta, produção de matéria seca da parte aérea, comprimento da raiz e matéria seca dos nódulos do caupi, foram diminuídos pelo aumento da densidade do solo. A incorporação de materiais organominerais ao solo artificialmente compactado, resultou em aumento na altura de planta, produção de matéria seca da parte aérea e comprimento da raiz, sugerindo atuação benéfica desses materiais no desenvolvimento do caupi, possivelmente em função de uma melhora na estrutura do solo e na absorção dos nutrientes pelas plantas. Entretanto, não foi observado aumento na capacidade de retenção de água pelo solo, em função da adição dos materiais. Houve redução significativa na altura de planta e na produção de matéria seca da parte aérea, em resposta ao aumento da densidade do solo (1,30 Mg. m-3 solo não compactado e 1,70 Mg. m-3 - solo compactado) e às doses crescentes de radiação-? (0; 100; 200 e 300 Gy). O diâmetro do caule apresentou redução significativa, em resposta ao aumento da densidade do solo, entretanto isto não ocorreu em relação à irradiação. O aumento da densidade do solo ocasionou aumento da resistência à penetração de raízes no solo, sendo os valores encontrados respectivamente 0,32 e 1,2 MPa para o solo não compactado e compactado A resistência de 1,2 MPa é considerada restritiva mas não impeditiva ao crescimento radicular. Verificou-se, também, que a capacidade de retenção de água pelo solo foi reduzida em resposta ao aumento da densidade do solo
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9582
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Tecnologias Energéticas e Nucleares

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo9029_1.pdf1,41 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.