Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9542
Title: Mulheres invisíveis : um estudo da representação social acerca da cidadania feminina
Authors: Nunes de Menezes, Walfrido
Keywords: Representação social;Cidadania;Mulheres
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Nunes de Menezes, Walfrido; de Fátima de Souza Santos, Maria. Mulheres invisíveis : um estudo da representação social acerca da cidadania feminina. 2007. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo investigar as representações sociais de cidadania feminina com 114 mulheres entre 17 e 33 anos, estudantes do terceiro ano do Ensino Médio, na cidade de Caruaru/Pernambuco. A partir do entendimento de que ser cidadã é ser protagonista, foi colocada a seguinte questão: É possível que as representações sociais das mulheres sobre a cidadania, no espaço escolar, apresentem concepções de submissão e dependência? O trabalho de investigação ocorreu em duas etapas. No primeiro momento foi aplicado um questionário, que continha uma questão de associação livre cuja expressão indutora foi Ser cidadã e questões sobre o perfil socioeconômico e relações familiares. No segundo momento foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 12 mulheres, dentro de uma perspectiva sócio-histórica. A análise dos dados da associação livre, realizada com o apoio do software EVOC, mostra que as mulheres parecem compartilhar uma noção de cidadania que se aproxima da idéia de cidadania ativa, ressaltando a participação, liberdade, informação (educação) e pluralismo (respeito, dignidade e solidariedade). Ao justificar, entretanto, a escolha das palavras associadas, elas ressaltam que essas coisas não são ainda efetivas na vida cotidiana. Para os demais elementos subjetivos que apareceram no questionário e na entrevista, recorreu-se à Análise do Conteúdo Temático, que possibilitou extrair as idéias subjacentes e latentes contidas no discurso das pesquisadas. Os resultados da pesquisa mostram como os padrões de gênero ainda são reproduzidas nas representações sociais dessas mulheres, que apresentam ainda concepções de submissão e dependência. Em uma sociedade com fortes nuances patriarcais e androcêntricas, a estrutura escolar reproduz implícita e ocultamente esta cultura. As mulheres, apesar de apresentarem hoje uma maior escolarização e maior permanência na escola do que os homens, e de terem ampliado sua presença no mercado de trabalho, ainda não concretizaram na prática ações igualitárias, respeitosas e longe da dominação do masculino. Mesmo já detendo o conhecimento, as mulheres ainda não se percebem como cidadãs ativas, reproduzindo a exclusão de gênero e classe
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9542
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8249_1.pdf2.03 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.