Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9532
Title: Doença periodontal em adolescentes asmáticos: qual a participação do esteróide inalado
Authors: Cesar Nogueira dos Santos, Nilton
Keywords: Doença periodontal;Asma;Esteróides inalados;Adolescentes
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Cesar Nogueira dos Santos, Nilton; Sávio Cavalcanti Sarinho, Emanuel. Doença periodontal em adolescentes asmáticos: qual a participação do esteróide inalado. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Introdução: Interações entre fatores bacterianos e imunológicos são um fator chave para a doença periodontal. Dentre os fatores de risco para as doenças periodontais, está o uso de medicações que podem causar alterações no sistema imunológico. Existe a possibilidade de os esteróides inalados usados no tratamento da asma crônica estarem envolvidos na patogênese das doenças periodontais. Objetivos: Revisar a literatura sobre o uso dos esteróides inalados e os efeitos negativos na saúde periodontal e verificar a freqüência das alterações periodontais em adolescentes usuários desta medicação. Métodos: Revisão bibliográfica na base de dados do Medline, Scielo e Lilacs com as palavras chaves: doença periodontal (gengivite e periodontite) - asma - esteróide inalado. Para o artigo original, foi realizado um estudo exploratório com 40 adolescentes asmáticos usuários dos esteróides inalados que foi comparado com 40 adolescentes que não usavam esta medicação. Avaliou-se Índice de Placa Visível, Índice Gengival, Presença de Recessão e/ou Hiperplasia Gengivais e o Índice de Perda de Inserção Periodontal. Resultados: Nos usuários dos esteróides inalados, foram mais elevados o Índice de Placa Visível e o Índice de Sangramento Gengival e houve maior número de indivíduos com hiperplasia gengival. Para a presença de cálculo e perda de inserção periodontal, não foram encontradas diferenças significantes. Conclusões: A revisão sugere uma associação positiva entre o uso dos esteróides inalados e alterações periodontais. Pelo estudo exploratório, verificou-se que os usuários dos esteróides inalados apresentaram maior freqüência e gravidade dos parâmetros clínicos relacionados à doença periodontal (placa, sangramento e hiperplasia gengivais)
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9532
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Saúde da Criança e do Adolescente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8376_1.pdf4.9 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.