Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9530
Title: Educação, pra que te quero? : o Programa Bolsa Escola da Prefeitura do Recife e as aspirações e expectativas educacionais das famílias beneficiárias
Authors: MOURA, Ana Carolina da Silva
Keywords: Bolsa Escola.;Programa de Transferência de Renda;Medidas de proteção social;Família;Expectativas educacionais;Aspirações educacionais
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Carolina da Silva Moura, Ana; Maria Monteiro da Fonte, Eliane. Educação, pra que te quero? : o Programa Bolsa Escola da Prefeitura do Recife e as aspirações e expectativas educacionais das famílias beneficiárias. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo investigar quais eram as aspirações e expectativas educacionais de famílias beneficiárias de um Programa que associa transferência de renda e educação, qual seja, o Programa Bolsa Escola da Prefeitura do Recife. Investigamos as aspirações e expectativas por meio de entrevistas e questionários realizados com uma amostra de pessoas responsáveis pelas crianças/adolescentes perante o programa. Também perguntamos aos pais/responsáveis se ações do Programa tinham modificado de algum modo (fortalecido, enfraquecido) suas aspirações e expectativas educacionais. Com isso, intentou-se perceber não só as aspirações e expectativas, mas também se e como o Programa contribuía para um reforço destes dois elementos. De maneira geral, os resultados do estudo apontam que os pais almejam para a educação dos filhos o grau de escolaridade conhecido por eles, de modo que não haveria uma baixa aspiração educacional, mas um horizonte educacional desprovido de informações acerca da estrutura do sistema formal de ensino. Quanto às expectativas, embora nem sempre as mesmas se alinhem às aspirações, algumas políticas educacionais (merenda, universalização do ensino) reforçam as crenças dos pais de que seus filhos conseguirão alcançar o grau de ensino desejado. No que tange a colaboração do programa, se os dados não nos permitem afirmar conclusivamente que existe um fortalecimento de suas aspirações e expectativas, permitem-nos levantar que os pais percebem influências positivas, trazidas pelos cursos profissionalizantes, aulas-passeio e eventos culturais, com relação ao interesse na educação dos seus filhos. Assim, consideramos que este estudo traz achados importantes sobre o que essas famílias do Bolsa Escola desejam, acreditam, adotam como estratégia e percebem como entraves para a educação formal dos seus filhos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9530
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo5708_1.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.