Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9526
Título: Experiências emancipatórias: alternativas políticas e políticas alternativas dos movimentos sociais no Nordeste
Autor(es): Rodrigues Costa, Monica
Palavras-chave: Alternativas políticas; Políticas alternativas; Projetos políticos emancipatórios; Emancipação; Transformação social
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Rodrigues Costa, Monica; Cristina de Souza Vieira, Ana. Experiências emancipatórias: alternativas políticas e políticas alternativas dos movimentos sociais no Nordeste. 2006. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Serviço Social, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: O estudo analisa a emancipação como inspiração da luta social na transição paradigmática e societária. A emancipação é tratada atualmente, no conjunto das críticas elaboradas à tradição marxista e ao projeto universal de socialismo, que coloca em debate a modernidade como projeto de humanidade e aprofunda novas perspectivas na teoria crítica, pós-estruturalistas e pós-modernas. Parte da hipótese de que projetos políticos alternativos emancipatórios são possibilidades de criar alternativas de modos de vida ao neoliberalismo. O objetivo geral do trabalho é contribuir para a reflexão sobre projetos políticos emancipatórios, na transição paradigmática e societária, tomando como campo empírico as lutas dos movimentos sociais no Nordeste brasileiro, a partir de 1990 até 2002. A pesquisa desenvolvida foi qualitativa, inspirada na etnografia, e teve como procedimento a análise de conteúdo de documentos de domínio público e dos textos das transcrições das entrevistas. Foram tratados em eixos temáticos: antagonismos, comunidade, conflitos sociais, dimensão estético-expressiva, dimensão educativa, institucionalidade, práticas articulatórias, proximidade/intimidade, projetos políticos emancipatórios, o fazer política e religiosidade. O trabalho constrói uma reflexão acerca de projetos políticos alternativos e emancipatórios, no plural, como possibilidade de criar alternativas de modos de vida ao neoliberalismo. São denominadas de alternativas políticas e políticas alternativas as práticas propositivas desenvolvidas pelos movimentos sociais no Nordeste, que revelam potenciais emancipatórios, indicam o esforço para enfrentar/superar a conjuntura neoliberal, bem como afirmam a possibilidade de um outro mundo
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9526
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Serviço Social

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8217_1.pdf1,8 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.