Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9501
Title: Doença celíaca em pacientes pediátricos com cardiomiopatia dilatada e miocardite
Authors: Maria Gama Albuquerque Leão de Menezes, Thaysa
Keywords: Doença celíaca;Miocardite;Cardiomiopatia dilatada;Prevalência;Diagnóstico
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Maria Gama Albuquerque Leão de Menezes, Thaysa; Eugenia Farias Almeida Motta, Maria. Doença celíaca em pacientes pediátricos com cardiomiopatia dilatada e miocardite. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: A percepção da doença celíaca vem mudando nos últimos anos. É descrita uma forma silenciosa, na qual o diagnóstico é realizado mais tardiamente, pois se apresenta com sintomas gastrointestinais discretos e ainda uma forma que se manifesta através de doenças extraintestinais. Estudos mostram uma associação entre doença celíaca e miocardite ou cardiomiopatia dilatada. Mecanismos autoimunes e inflamatórios são descritos, explicando a interação entre o coração e o intestino, através da alteração da permeabilidade intestinal. O objetivo desse estudo foi verificar a prevalência de doença celíaca em crianças e adolescentes com miocardite/cardiomiopatia dilatada. A amostra consistiu de 56 crianças acompanhadas no Serviço de Cardiologia do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira, IMIP, as quais foram submetidas à realização de sorologias antitransglutaminase e antiendomísio. Foi observada uma prevalência de 1,8% (1/56) de doença celíaca, confirmada por biópsia, em pacientes com miocardite/cardiomiopatia dilatada. O quadro clínico da doença celíaca é silencioso nos pacientes com cardiomiopatia dilatada ou miocardite. A prevalência em torno de 1,8% nos pacientes com miocardite ou cardiomiopatia dilatada enfatiza a importância da pesquisa de doença celíaca nesses pacientes para um diagnóstico e tratamento precoce, evitando piora clínica dos pacientes do ponto de vista cardiológico. São necessários mais estudos em crianças para esclarecer a associação
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9501
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Saúde da Criança e do Adolescente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo7585_1.pdf564.84 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.