Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9498
Title: Qualidade de vida e incontinência urinária e fecal: o adolescente em foco
Authors: Ribeiro de Oliveira, Carina
Keywords: Qualidade de vida; Incontinência urinária; Incontinência fecal; Adolescente; Ampliação vesical; Malone antegrade continence enema (MACE).
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Ribeiro de Oliveira, Carina; de Jesus Machado Amorim, Rosemary. Qualidade de vida e incontinência urinária e fecal: o adolescente em foco. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: A incontinência urinária e fecal representa importante situação de saúde que afeta diretamente a qualidade de vida dos adolescentes que as possui. As principais motivações para a escolha do tema desta pesquisa foram: o limitado número de profissionais Estomaterapeutas interessados em atuar na área de incontinência; a escassez de estudos acerca do tema; a reduzida oferta de serviços em saúde especializados, interdisciplinares e voltados ao atendimento de pacientes portadores de incontinências; a precariedade comumente encontrada nesses serviços e que, de um modo geral, não possuem estrutura física adequada, recursos humanos e fomentos suficientes para alicerçar a assistência à saúde desse público. A partir disso sucedeu-se a delimitação do problema e a realização desta pesquisa que está estruturada em duas partes. A primeira consta do artigo Qualidade de vida de adolescentes incontinentes: revisão integrativa da literatura , realizada a partir das bases de dados LILACS, MEDLINE e Cochrane, no período de janeiro de 2001 a março de 2011. Foram utilizados para busca os descritores qualidade de vida, adolescente, criança, estomia e enema, e as palavras MACE (Malone antegrade continence enema), Malone, bexiga e incontinência, cuja seleção da amostra foi composta por oito artigos. Os resultados demonstraram que as pesquisas com adolescentes incontinentes ainda são incipientes e heterogêneas, sendo pouco comuns os estudos que abranjam exclusivamente este público. A segunda parte corresponde ao artigo original Qualidade de vida de adolescentes submetidos à ampliação vesical e à cirurgia de Malone que objetivou descrever a qualidade de vida de adolescentes incontinentes submetidos a estas cirurgias. O estudo descritivo com abordagem quantitativa foi realizado no ambulatório de cirurgia e urologia pediátrica do Hospital Infantil Maria Lucinda, e investigou os adolescentes de 10 a 18 anos com incontinência urinária e/ou fecal, submetidos à ampliação vesical e à cirurgia de Malone, concomitantemente ou não, totalizando 35 participantes. Os dados foram coletados através de entrevista presencial após consentimento do adolescente e de seu responsável, e foram utilizados dois instrumentos: o questionário estruturado sociodemográfico e o questionário genérico autoadministrado de qualidade de vida, o Pediatrics Quality of Life InventotyTM Version 4.0 (PedsQLTM). O banco de dados foi criado no programa EPI-INFO 6.04, bem como as análises estatísticas que foram expressas pelas médias dos escores das dimensões física e psicossocial e escore total. Os resultados mostraram que a qualidade de vida relacionada à saúde dos adolescentes incontinentes, de um modo geral foi positiva e demonstrou que a ampliação vesical e a cirurgia de Malone contribuem para minimizar os efeitos negativos da incontinência urinária e fecal sobre as dimensões física e psicossocial
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9498
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Saúde da Criança e do Adolescente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6590_1.pdf4.58 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.