Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/939
Title: Preferência alimentar, distribuição vertical e quantificação dos danos de tripes (Thysanoptera: Thripidae) em mangueira irrigada, no semi-árido nordestino
Authors: Duarte de Oliveira, Martin
Keywords: Frankliniella brevicaulis; Frankliniella gardeniae; Produção integrada; Amostragem
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Duarte de Oliveira, Martin; Silva de Almeida Cortez, Jarcilene. Preferência alimentar, distribuição vertical e quantificação dos danos de tripes (Thysanoptera: Thripidae) em mangueira irrigada, no semi-árido nordestino. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: Com o objetivo de subsidiar a amostragem dos tripes na Produção Integrada da Mangueira e avaliar os prejuízos causados à produção foi verificada a distribuição de tripes em diferentes partes e estratos verticais da planta, como também quantificadas as estruturas injuriadas decorrentes da alimentação. O estudo foi realizado em Petrolina-PE, de janeiro de 2006 a janeiro de 2007, em três plantios de mangueira, cv. Tommy Atkins. A distribuição de tripes foi verificada nas estruturas vegetais, sendo amostradas em 95 plantas, 9.242 folhas maduras, 1.460 folhas jovens e 180 panículas de três tipos, diferenciadas pelo estádio de maturação floral. Ainda, foram observados em 15 plantas, tripes e suas injúrias em 3.034 folhas e em 1.794 frutos > 50 mm de comprimento. A distribuição vertical de tripes também foi observada, pela amostragem, em 45 plantas, de 270 panículas com flores jovens, nos estratos inferior, médio e superior. Nas áreas, foram registrados 61.754 adultos das espécies de tripes Frankliniella gardeniae e F. brevicaulis, com, respectivamente, 77% e 23% das ocorrências. Os tripes apresentaram maiores densidades em plantas na floração, nas panículas com flores jovens, localizadas nos estratos médio e superior. Além disso, foi observado, que 4% dos frutos estavam manchados pelo ataque de tripes. Todas essas informações contribuem para a metodologia de monitoramento de tripes na PI-Manga e revelam a importância dessa praga para cultura na região estudada
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/939
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4847_1.pdf2.66 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.