Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9373
Title: Desenvolvimento neuropsicomotor infantil: fatores determinantes na pobreza
Authors: Souza de Paiva, Giselle
Keywords: Desenvolvimento Infantil; Teste de triagem de Bayley; Atenção primária à saúde; Pobreza; Fatores Socioeconômicos; Lactente.
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Souza de Paiva, Giselle; Claudia Vasconcelos Martins de Souza Lima, Ana. Desenvolvimento neuropsicomotor infantil: fatores determinantes na pobreza. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: Nos primeiros anos de vida, crianças em situação de pobreza são expostas a múltiplos fatores de risco que podem levar a um comprometimento global no desenvolvimento infantil. No entanto, ainda não estão bem estabelecidos os mecanismos pelos quais estes fatores influenciam o desenvolvimento. A maior parte dos estudos nesta área agrupa os indivíduos em uma ampla categoria socioeconômica baixa, não levando em conta os diferentes níveis de pobreza e a possível concentração de fatores de risco em algum destes níveis, justificando a realização de novas pesquisas que venham a abordar esta questão. Objetivos: verificar a associação entre o desenvolvimento neuropsicomotor e a condição socioeconômica de lactentes atendidos no Programa Saúde da Família. Métodos: estudo transversal com componente analítico, realizado em quatro Unidades de Saúde da Família da Microrregião 4.2 do Distrito Sanitário IV da Prefeitura do Recife, Pernambuco, Brasil. De fevereiro a agosto de 2008, foram recrutadas 136 crianças entre 9 e 12 meses de vida, representando 86% dos lactentes nesta faixa etária cadastrados nas Unidades de Saúde da Família. A condição socioeconômica da família foi verificada segundo um instrumento de medição adaptado para realidade brasileira por Issler e Giugliani, denominado Índice do Nível Socioeconômico. Este instrumento incluía 13 itens relacionados com a constituição da família e condições do domicílio e peridomicílio. O desenvolvimento neuropsicomotor foi estudado através do teste de triagem da Bayley III. Foram coletados ainda dados demográficos das famílias e biológicos das crianças. Resultados: observou-se que a Resumo Paiva, Giselle Souza de Desenvolvimento neuropsicomotor infantil: fatores determinantes na pobreza Resumo maioria dos lactentes encontrava-se na categoria Competente em todos os domínios do desenvolvimento infantil. Cerca de 20% das famílias encontravam-se no quartil inferior do Índice do Nível Socioeconômico. O nível socioeconômico esteve associado à suspeita de atraso no domínio da comunicação receptiva (p=0,05). O desemprego materno e paterno apresentou impacto negativo nos domínios da comunicação receptiva e na cognição (p=0,01 e p=0,03, respectivamente). Não possuir telefone celular, refletindo o baixo nível socioeconômico da família, esteve associado a um pior desempenho cognitivo (p=0,03) e da motricidade grossa (p=0,04). Conclusões: os resultados do presente estudo sugerem que lactentes de níveis socioeconômicos mais baixos apresentam mais frequentemente suspeita de atraso em seu desenvolvimento infantil, especificamente no desenvolvimento da comunicação receptiva. Políticas públicas que promovam a vigilância do desenvolvimento infantil e estratégias de intervenção a longo prazo devem ser enfatizadas em subgrupos de pior nível socioeconômico, contribuindo para que estas crianças tenham maior chance de se tornar cidadãos produtivos no futuro
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9373
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Saúde da Criança e do Adolescente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4098_1.pdf2.56 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.