Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9302
Title: Estudo bioeletroquímico de nanosistemas híbridos de nanopartículas de ouro e lectinas para o desenvolvimento de sensores
Authors: OLIVEIRA, Maria Danielly Lima de
Keywords: Lectinas;Impedância;Voltametria cíclica;Nanopartículas e polímero
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Danielly Lima de Oliveira, Maria; Borges Diniz, Flamarion. Estudo bioeletroquímico de nanosistemas híbridos de nanopartículas de ouro e lectinas para o desenvolvimento de sensores. 2008. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Química, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: As nanopartículas de ouro (nanoAu) facilitam a transferência de elétrons e podem ser facilmente modificadas com uma grande variedade de biomoléculas. O objetivo deste trabalho foi imobilizar as lectinas Concanavalina A (Con A) e Cratylia mollis (CramoLL) sobre a superfície de eletrodos de platina (Pt) e de ouro (Au) modificados com nanopartículas de ouro e polivinilbutiral (PVB) e em seguida realizar detecção de glicoproteínas em soro de pacientes contaminados com o vírus da Dengue clássica (DC), Dengue hemorrágica (DH) e soro negativo (Dneg). A espectroscopia de impedância eletroquímica (EIE), numa faixa de freqüência de 100 mHz a 100 KHz, e a voltametria cíclica (VC), com voltagem de -0,2 a 0,7 V, foram realizadas na presença de K3[Fe(CN)6]/K4[Fe(CN)6] (1:1), 10 mM, como par redox. As medidas de EIE e VC demonstraram que as reações do par redox sobre o eletrodo de Pt e Au foram bloqueados devidos a mudanças na impedância da interface eletrodo/solução. Os sistemas adsorvidos nanoAu-Con A-PVB e nanoAu- CramoLL-PVB sobre a superfície dos eletrodos de Pt e Au modificados proporcionaram um aumento da parte real da impedância (Zre). Voltamogramas cíclicos característicos de um processo redox limitado por difusão foram observados em eletrodos de paltina/ouro e após a modificação destes eletrodos com nanoAu-ConA-PVB e nanoAu-CramoLL-PVB, uma diminuição das correntes de pico catódicas e anódicas foI observada. A EIE e VC evidenciaram a interação entre as lectinas estudadas com glicose, glicogênio e ovalbumina. Através do sistema nanoAu-ConA-PVB pôde-se observar diferenças no padrão de reconhecimento para os soros testados, através das respostas impedanciométricas e voltamétricas. Nossos resultados indicaram uma sensibilidade para a detecção de glicoproteínas e desta forma o sistemas podem ser aplicados na construção de biossensor para diagnóstico de doenças
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9302
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4290_1.pdf9.38 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.