Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9271
Title: Avaliação da qualidade da imagem e da dose no paciente em exames de radiografia panorâmica digital
Authors: Vanderley Brasileiro, Izabela
Keywords: Radiografia panorâmica; Qualidade de imagem; Dosimetria.
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Vanderley Brasileiro, Izabela; Jamil Khoury, Helen. Avaliação da qualidade da imagem e da dose no paciente em exames de radiografia panorâmica digital. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: A radiografia panorâmica é um importante método de diagnóstico por imagem, amplamente utilizado na odontologia. Embora as doses individuais e os riscos associados à radiografia panorâmica sejam considerados pequenos, a dose coletiva pode ser significativa, dado o elevado número de exames realizados. O objetivo deste trabalho foi efetuar um estudo dosimétrico de pacientes submetidos a exames de radiografia panorâmica digital, realizados em uma clínica radiológica do Recife e avaliar a qualidade da imagem destes exames. Foram estimados os valores do produto kerma-ar pelo comprimento (PK,L), do produto kerma-ar pela área (PK,A) e do kerma-ar na entrada da pele (Ke). Estes valores foram calculados utilizando os parâmetros de irradiação coletados de 310 pacientes adultos que realizaram exames de radiografia panorâmica na clínica com dois equipamentos Kodak 8000C (equipamentos 1 e 2). Os valores de PK,L foram obtidos através de medidas realizadas com câmara de ionização tipo lápis e a partir destes valores foi estimado o PK,A levando-se em consideração a área do campo de radiação. Os valores do Ke foram estimados utilizando dosímetros termoluminescentes posicionados sobre um fantoma de cabeça, em pontos correspondentes aos olhos, glândulas parótidas, nuca e tireóide. Para avaliação subjetiva da qualidade da imagem, foram coletadas de forma aleatória do banco de dados da clínica 200 imagens de pacientes, sendo 100 imagens de cada equipamento. Estas imagens foram avaliadas por dois radiologistas quanto à visualização de estruturas anatômicas, para determinação de um índice de qualidade da radiografia. Os valores médios encontrados para o PK,L e PK,A foram 6,9 mGy.cm e 82 mGy.cm2, respectivamente. Estes valores são similares aos encontrados na literatura e próximo ao nível de referência proposto no Reino Unido para paciente adulto. Em relação ao kerma-ar na entrada da pele, este foi mais elevado na região da nuca, cerca de quatro vezes maior que o valor das outras regiões avaliadas. Os resultados da avaliação de qualidade da imagem mostraram que o índice de qualidade das radiografias do equipamento 2 foi maior do que do equipamento 1. A partir dos resultados, conclui-se que os procedimentos podem ser ainda otimizados, principalmente para o equipamento 1, procurando-se aumentar o índice de qualidade e reduzir a dose no paciente
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9271
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Tecnologias Energéticas e Nucleares

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2671_1.pdf3.38 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.