Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9247
Title: Desenvolvimento de dispersões solidas binárias visando o incremento da solubilidade aquosa do antirretroviral efavirenz
Authors: Darlene Santos Alves, Lariza
Keywords: Efavirenz;Carreadores hidrofílicos;Dispersões sólidas
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Darlene Santos Alves, Lariza; José Rolim Neto, Pedro. Desenvolvimento de dispersões solidas binárias visando o incremento da solubilidade aquosa do antirretroviral efavirenz. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Inovação Terapêutica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: O efavirenz (EFZ), utilizado como parte do tratamento de primeira escolha na terapia antirretroviral para a AIDS, possui baixa molhabilidade e solubilidade aquosa, apresentando problemas de absorção no trato gastrointestinal e baixa biodisponibilidade. Uma das abordagens utilizadas para o contorno desses entraves se dá através da obtenção de dispersões sólidas (DS), técnica esta utilizada para o EFZ. Para o desenvolvimento deste trabalho, realizou-se inicialmente o desenvolvimento e a validação, segundo o ICH e a RE n˚ 899/03 (ANVISA), de um método para o doseamento do EFZ por espectrofotometria no UV-Vis, utilizando como sistema os solventes álcool etílico/água (60:40) (λ = 247 nm), permitindo a quantificação do fármaco através de um método prático, confiável e de baixo custo para a rotina laboratorial. Visando o desenvolvimento das DS, realizou-se inicialmente um diagrama de solubilidade de fases com carreadores de diferentes classes (polímeros, surfactantes, ácidos orgânicos, poliol e hidrotopo) nas concentrações de 0,01 %; 0,05 %; 0,1 %; 0,3 %; 0,5 %; 0,7 % e 1 %, p/v. De acordo com os resultados apresentados, os surfactantes apresentaram os maiores incrementos de solubilidade, com destaque para o polissorbato (aumento de 928 vezes). Contudo, visando uma DS com consistência adequada para uma formulação sólida, optou-se pela utilização do PVP K-30, por apresentar dentre os polímeros o melhor incremento de solubilização (cerca de 25 %) como o mais adequando para a preparação das dispersões. Dessa forma, obtiveram-se os sistemas binários utilizando o PVP K-30, através dos métodos de malaxagem e solvente (rotaevaporação) nas proporções 1:1; 2:1 e 4:1 (fármaco: polímero). Esses foram avaliados e caracterizados através das técnicas de DSC, IV-TF, MEV, DR-X e ensaio de dissolução. Através dessas análises observou-se que as DS rotaevaporadas apresentaram resultados insatisfatórios no incremento da taxa de dissolução, apesar do estado amorfo apresentando por essas amostras, enquanto que a DS malaxada 4:1 e as misturas físicas (MF) apresentaram um alto incremento na taxa de dissolução, devido a diminuição da tensão superficial entre sólido-líquido e o aumento da molhabilidade do fármaco. A DS malaxada 4:1 e sua respectiva MF, também foram avaliadas com relação as suas características de densidade e compressibilidade, e de estabilidade através de TG e IV antes e após a serem submetidas a condições de estocagem em câmara de estabilidade acelerada (40 ˚C/75 % UR) durante 30 dias. Através desses estudos, pode-se observar vantagens na densidade dos sistemas binários em relação ao fármaco isolado, assim como foi observada uma maior estabilidade térmica do EFZ nesses sistemas, não havendo diferenças entre as amostras submetidas a condições adversas de estocagem e as analisadas no tempo inicial (T0). Para a obtenção de uma forma farmacêutica sólida a partir das dispersões, serão necessários alguns estudos adicionais para o ajuste de uma formulação. Neste caso, a obtenção da forma farmacêutica cápsula mostrou-se promissora
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9247
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Inovação Terapêutica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2944_1.pdf3.2 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.