Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/924
Title: Patogenicidade de Paecilomyces farinosus sobre Coptotermes gestroi e parâmetros biológicos
Authors: LOPES, Rosineide da Silva
Keywords: Paecilomyces farinosus; Coptotermes gestroi; Controle biológico
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: da Silva Lopes, Rosineide; Áurea de Luna Alves Lima, Elza. Patogenicidade de Paecilomyces farinosus sobre Coptotermes gestroi e parâmetros biológicos. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia de Fungos, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: O cupim asiático, Coptotermes gestroi, é considerado praga nas áreas urbanas, causando danos expressivos em casas, edifícios e árvores. Esta pesquisa avaliou a patogenicidade de Paecilomyces farinosus URM4993 e Paelomyces farinosus URM4995 sobre operários de C. gestroi. Os insetos foram pulverizados nas concentrações de 104 a 108 conídios/mL, mantidos em BOD a 25ºC e 80% de umidade relativa e determinada a Concentração Letal (CL50) e Tempo Letal (TL50). Foi avaliada a produção de conídios sobre os insetos mortos e analisados os aspectos biológicos referentes à germinação, esporulação, crescimento radial e microestruturas, antes e após a infecção em C. gestroi. O fungo foi patogênico ao cupim, causando mortalidade em todas as concentrações utilizadas, sendo que P. farinosus URM4993 foi mais virulenta, apresentando mortalidade de 100%, após o 6º dia de inoculação (CL50 de 4,86 x 105 conídios/mL e TL50 de 2,26 dias). A esporulação nos insetos mortos não diferiu entre as linhagens. O percentual de germinação foi maior nas linhagens reisoladas. P. farinosus URM4993 apresentou maior esporulação do que P. farinosus URM4995. O crescimento micelial de P. farinosus URM4995 foi maior do que seu reisolado, a partir do 9º dia de análise. Não foram observadas diferenças morfológicas das linhagens após a passagem pelo hospedeiro. Esses resultados demonstraram a patogenicidade e virulência das linhagens testadas, sendo que P. farinosus URM4993 foi mais eficiente, indicando seu potencial para o biocontrole de C. gestroi
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/924
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia de Fungos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4621_1.pdf3.29 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.