Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9233
Title: Impacto da precarização do trabalho na saúde de camareiras: um estudo de caso
Authors: Kaliani Gomes Teixeira Rocha, Euda
Keywords: Gênero; Saúde; Trabalho; Camareiras
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Kaliani Gomes Teixeira Rocha, Euda; Parry Scott, Russell. Impacto da precarização do trabalho na saúde de camareiras: um estudo de caso. 2010. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: O objetivo geral desta tese foi o aprofundamento do conhecimento sobre a relação trabalho-saúde-gênero. Os objetivos específicos foram: a identificação, junto às camareiras de dois hotéis, do impacto do trabalho em sua saúde e das queixas de adoecimento ou sintomas relacionados ao trabalho; o conhecimento de suas trajetórias no mundo do trabalho e do percurso que as levaram a chegar ao emprego no hotel; e, a identificação, junto às empresas, das características do vínculo e da organização do trabalho. Esta pesquisa é um estudo de caso qualitativo. Participaram da pesquisa camareiras de dois hotéis de médio porte, sendo o H1 um empreendimento isolado e o H2 um empreendimento de rede internacional. Foram entrevistadas 13 camareiras ao todo. O lastro teórico onde se firmou a pesquisa foi a teoria das relações sociais de sexo e divisão sexual do trabalho além de ferramentas conceituais da saúde no trabalho, da ergonomia e da psicodinâmica do trabalho. Observou-se que o principal impacto na saúde provém de sobrecarga física, de que resultam lesões e dores principalmente nas mãos, punhos, braços e costas. A pressão do tempo e o número insuficiente de camareiras em cada estabelecimento, resultam em diversos sintomas de estresse. Fadiga e cansaço rotineiros fazem parte inextricável do cotidiano. Entretanto, é através desse trabalho fatigante que elas conseguem acesso a bens materiais e imateriais, e ressignificam suas vidas mediante a família e a comunidade. Sendo assim, o trabalho confere dois aspectos: um que adoece o corpo, e outro que traz valoração e melhora a qualidade de suas vidas comparativamente ao tempo em que trabalhavam como empregadas domésticas A possibilidade de um aprofundamento analítico nos processos de trabalho de uma profissão específica permite a visualização de formas de precarização nem sempre observadas. A contribuição particular desta tese consiste na análise detalhada de uma expressão da precarização numa dada realidade
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9233
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo401_1.pdf3.3 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.