Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9223
Title: Avaliação dosimétrica em braquiterapia permanente de baixa taxa de dose para tratamento de câncer de próstata
Authors: Konrado de Santana Barbosa, Antonio
Keywords: Monte Carlo; Dosimetria numérica; Câncer; Braquiterapia de próstata
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Konrado de Santana Barbosa, Antonio; Roberto de Andrade Lima, Fernando. Avaliação dosimétrica em braquiterapia permanente de baixa taxa de dose para tratamento de câncer de próstata. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o câncer de próstata é o sexto tipo de câncer mais comum no mundo e o mais presente entre os homens. Estima-se que no Brasil ocorreram aproximadamente 52 mil novos casos em 2010 um aumento de cerca de 6% em relação ao último levantamento ocorrido em 2008. Neste contexto, a radioterapia mostra-se como um dos métodos mais utilizados para o tratamento e controle tumoral, onde a braquiterapia recebe destaque ao permitir uma qualidade de vida melhor aos pacientes. Este trabalho se propôs a avaliar a dosimetria de tratamentos braquiterápicos permanentes de baixa taxa de dose para tratamentos de câncer de próstata através da aplicação de métodos Monte Carlo e de modelos antropomórficos computacionais, uma vez que as estruturas envolvidas no tratamento podem ser danificadas. Para tanto, foi utilizado o fantoma de malhas poligonais MASH em duas posições diferentes acoplado ao código Monte Carlo EGSnrc, associado a dados relativos aos tratamentos de braquiterapia de próstata em duas situações distintas para a distribuição das sementes. Foram constatadas variações de 10 a 27% nos dados de dose absorvida referentes à próstata entre as simulações realizadas com o fantoma nas posições de ortostase e decúbito dorsal com fontes com distribuição discretizada e homogênea, respectivamente. Além disso, foram observadas alterações nesses mesmos dados com a variação das distribuições das sementes braquiterápicas. Através da ponderação dos dados de dose absorvida das simulações com relação ao tempo em que o paciente mantem-se em uma determinada posição e sua comparação com os dados obtidos em decúbito dorsal, foram verificadas variações entre 6 e 16% nas simulações com distribuições discretizada e homogêneas, respectivamente. Logo, conclui-se que a ponderação do tempo para cada posição do fantoma e o tipo de distribuição da fonte usada na simulação que o trabalho apresenta são relevantes para a adequada análise dosimétrica em simulações de dosimetria interna
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9223
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Tecnologias Energéticas e Nucleares

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2666_1.pdf1.64 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.