Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9148
Title: Cuidado centrado na família do recém-nascido: alegações dos profissionais de saúde
Authors: Rejane Ribeiro Bispo, Patricia
Keywords: Relações profissional-família; Recém-nascido; Enfermagem Neonatal; Saúde da Família
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Rejane Ribeiro Bispo, Patricia; Gorete Lucena de Vasconcelos, Maria. Cuidado centrado na família do recém-nascido: alegações dos profissionais de saúde. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: A construção deste estudo tendo como temática o cuidado centrado na família foi estruturada em quatro partes. A primeira contempla o capítulo de revisão de literatura que aborda a formação do vínculo afetivo; a manutenção do vínculo na hospitalização da criança e o cuidado centrado na família como estratégia de humanização na assistência neonatal. A segunda parte apresenta o caminho metodológico seguido para chegar aos resultados. A terceira parte, o artigo original, tem como objetivo analisar as alegações dos profissionais da saúde sobre o cuidado centrado na família do recém-nascido, elaborado a partir de pesquisa qualitativa, realizada por meio de estudo descritivo exploratório, com nove relatos de profissionais da saúde de uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, seguindo a amostragem por saturação. O cenário para a investigação foi a UTIN do Hospital das Clínicas vinculada a Universidade Federal de Pernambuco (HC/UFPE). Os relatos foram coletados e gravados após consentimento dos sujeitos no período de abril a maio de 2010, utilizando-se a técnica de entrevista semi-estruturada com três questões norteadoras: Para você, qual o papel dos familiares na internação do recém-nascido? Como você considera os familiares no cuidado a criança? Como a visão do cuidado centrado na família é compartilhada pela equipe de saúde? Utilizando-se da análise de conteúdo, emergiram quatro temas: Família: elo para o bemestar, a saúde e a cidadania do pequeno ser; A família como apoio materno; Inclusão insuficiente da família; Alegações ambivalentes sobre o cuidado centrado na família. A última parte diz respeito às considerações finais e recomendações da pesquisa. O estudo sinalizou a necessidade de se construir assistência humanizada com vista no cuidado centrado na família do neonato. Para isto, deve-se adequar o quantitativo de profissionais assistentes na UTIN e serem oferecidos cursos periódicos que resgatem a importância do olhar humanizado ao paciente e sua família, incrementando na rotina essa forma de atendimento, uma vez que o conhecimento e os benefícios desse tipo de assistência foram reconhecidos por todos os profissionais, independentemente da classe profissional
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9148
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Saúde da Criança e do Adolescente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1477_1.pdf1.61 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.