Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9068
Título: Indigofera suffruticosa Mill: um meio terapêutico alternativo anti-câncer
Autor(es): Raphael Cardoso Vieira, Jeymesson
Palavras-chave: Indigofera Suffruticosa;Extrato Aquoso;Ensaio Fitoquímico;Atividade Citotóxica;Atividade Antitumoral
Data do documento: 2007
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Raphael Cardoso Vieira, Jeymesson; Pereira Leite, Sonia. Indigofera suffruticosa Mill: um meio terapêutico alternativo anti-câncer. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Patologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Resumo: Indigofera suffruticosa Mill (Fabeceae) ocorre em abundância no nordeste brasileiro e tem intenso uso popular no tratamento de infecções, inflamações e outros processos. Para explorar o potencial desta planta e dar uma base científica a sua utilização, este trabalho experimental foi desenvolvido investigando-se a presença de compostos químicos majoritários em extratos de folhas de I. suffruticosa obtidos por infusão e os efeitos citotóxico e antitumoral dos extratos de folhas de I. suffruticosa obtidos por infusão e maceração. O material utilizado foi obtido a partir de um screening fitoquímico de folhas onde foram evidenciados protocolos extrativos de identificação de moléculas majoritárias presentes nas folhas. As moléculas majoritárias identificadas foram: alcalóides, polifenóis, terpenóides, açúcares e índigo. O extrato aquoso não exibiu citotoxicidade contra células HEp-2 (Human Larynx Epidermoid Carcinoma Cells) pelo método MTT. A atividade antitumoral dos extratos aquosos por infusão (64,53%) e maceração (62,62%) frente ao Sarcoma 180 em camundongos na dose de 50 mg/kg i.p., baseada na baixa ordem de toxicidade, foi comparada com o grupo controle que mostrou desenvolvimento tumoral de 100%. Os referidos extratos produziram reações comportamentais nos sistemas nervosos central e periférico sem apresentar alteração de massa muscular. Considerando a baixa ordem de toxicidade e a alta efetividade na inibição do crescimento de tumor sólido, o extrato aquoso de folhas de I. suffruticosa pode ser usado como agente terapêutico alternativo anticâncer
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9068
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Patologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8871_1.pdf789,3 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.