Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9067
Título: Desenvolvimento somático e sensório-motor e padrão do consumo alimentar, em ratos: efeitos do tratamento com inibidor de recaptação da serotonina durante o período de crescimento rápido do encéfalo
Autor(es): Cristina Bomfim Jesus Deiró, Tereza
Palavras-chave: Ratos;Inibidor seletivo;Maturação somática
Data do documento: 1998
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Cristina Bomfim Jesus Deiró, Tereza; Manhães de Castro, Raul. Desenvolvimento somático e sensório-motor e padrão do consumo alimentar, em ratos: efeitos do tratamento com inibidor de recaptação da serotonina durante o período de crescimento rápido do encéfalo. 1998. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 1998.
Resumo: Neste trabalho foram investigadas, em ratos, as repercussões do tratamento com inibidor seletivo de serotonina (ISRS) sobre a ontogênese de reflexos, a maturação somática e sensório-motora e o consumo alimentar no animal adulto. Para isso, ratos Wistar machos foram divididos em grupos recebendo diariamente, do 1o ao 21o dia de vida os seguintes tratamentos s.c. Ingênuo (Ing; n=26), sem tratamento; Salina (Sal; n=24), NaCl a 0,9% (2ml/kg) e; citalopram (Cit) nas doses: 5 mg/kg (Cit5, n=10); 10 mg/kg (Cit10, n=10), ou 20 mg/kg (Cit20, n=26). Foram realizadas diariamente, do 1o ao 21o e, a cada 3 dias, do 24o ao 60o dia pós-natal, as seguintes avaliações murinométricas: peso corporal (PC), comprimento da cauda (CC), eixos do crânio látero-lateral e ântero-posterior (ELLC e EAPC). Registrou-se o dia de aparecimento das seguintes características físicas: abertura do pavilhão auditivo (APA), abertura do conduto auditivo (ACA), irrupção dos incisivos (III) e abertura dos olhos (AO). Foram avaliados diariamente os seguintes reflexos: preensão palmar (PP), aversão ao precipício (AP), geotaxia negativa (GN), resposta ao susto (RS), colocação pelas vibrissas (CV), aceleração (A). Aos 70-80 dias de idade, os animais foram submetidos, durante 7 dias, a estudo de consumo alimentar, através da avaliação de parâmetros, tais como: peso corporal absoluto (PCA), variação do peso absoluto e relativo (VPA; VPR), consumo alimentar absoluto e relativo (CAA; CAR), consumo hídrico absoluto e relativo (CHA; CHR), excreção fecal absoluta e relativa (EFA; EFR), excreção urinária absoluta e relativa (EUR; EUA) e a razão CHA/EUA. Após sacrifício (110-120 dias de idade), foi realizado estudo dos órgãos, obtendo-se os seguintes parâmetros de peso: do encéfalo, úmido absoluto e relativo (PEUA; PEUR), seco absoluto e relativo (PESA; PESR); do cerebelo, úmido absoluto e relativo (PCUA; PCUR), seco absoluto e relativo (PCSA; PCSR); do fígado, úmido absoluto e relativo (PFUA; PFSR), seco absoluto e relativo (PFSA; PFSR). Utilizou-se para a análise estatística, ANOVA seguido do teste de Tukey para dados paramétricos, Kruskal-Wallis seguido de Mann-Whitney para dados não paramétricos. Não houve diferença entre Ing e Sal em todos os parâmetros analisados; o grupo salina foi então escolhido como controle. Avaliações murinométricas Comparado ao Sal, durante o aleitamento, houve redução (p<0,01): do PC de Cit10, a partir do 15o dia, e de Cit20, a partir do 6o dia; do CC de Cit20, a partir do 9o dia; do ELLC de Cit10, a partir do 15o dia, e de Cit20, a partir do 9o dia; do EAPC de Cit20, a partir do 15o dia. Durante o período do 24o ao 60o dia pós-natal, quando comparados ao Sal, houve redução (p<0,01): do PC de Cit10, do 48o ao 60o dia, e de Cit20, do 24o ao 60o dia; do CC de Cit20 a partir do 24o dia; do ELLC de Cit10, do 24o ao 44o dia; e de Cit20 do 24o ao 60o; do EAPC de Cit20 do 34o ao 60o dia. Entretanto, o PC de Cit5 foi maior do que o do Sal do 45o ao 60o dia de vida. Maturação de características físicas Comparados ao Sal, houve retardo em: ACA em Cit5 e Cit20 (p<0,05) e; a III atrasou em Cit5 e Cit10 (p<0,05). Desenvolvimento sensório-motor Comparados a Sal houve retardo (p<0,01): de PP, RD, CV e A em todos os grupos tratados com Cit; de RS, no Cit5, Cit10 e Cit20; de AP no Cit20; de GN no Cit5, Cit10 e Cit20. Consumo alimentar Comparados ao grupo Sal houve redução (p<0,01): do PCA no Cit20; CAA no Cit5, Cit10 e Cit20; do CHA no cit10 e no Cit20; da EFA no Cit 10 e Cit20; da EUA em Cit20. Todavia, comparado ao Sal, houve aumento (p<0,01) do CHR e do CHA/EUA no Cit20. Não houve diferenças da VPA; da VPR, do CAR e da EFR de cada um dos grupos comparados ao Sal. Peso dos órgãos Comparados ao Sal, houve redução (p<0,01): do peso encefálico úmido absoluto(PEUA), do peso do encéfalo seco absoluto (PESA) e do peso do cerebelo úmido absoluto (PCUA) em Cit20. Entretanto, o peso do encéfalo seco relativo (PESR) e o peso do encéfalo úmido relativo (PEUR) foram maiores no Cit20 comparado a Sal. Quanto ao fígado, comparados ao grupo Sal demonstraram redução: do peso do fígado úmido absoluto (PFUA), o Cit10 e o Cit20; do peso do fígado seco absoluto (PFSA) o Cit10 e o Cit20. O tratamento crônico com ISRS, durante o aleitamento, retarda a ontogênese de reflexos e altera a maturação somática em ratos. Além disso, é observada também alteração da evolução ponderal até a idade adulta. Nesta fase seqüelas observadas no peso corporal e nos pesos de órgãos parecem também estar associadas à manipulação do sistema serotoninérgico. Entretanto, não se descarta aqui efeitos inespecíficos do ISRS empregado. Na dose adulta foram registradas alterações de alguns parâmetros do consumo alimentar. As alterações encontradas se manifestam de maneira distinta, na dependência da dose empregada. Isto sugere a participação de diferentes tipos de receptores serotoninérgicos. Estudos envolvendo manipulação farmacológica com agonistas ou antagonistas serotoninérgicos específicos ainda são necessários. Contudo, os resultados parecem confirmar o papel importante do sistema da 5-HT no desenvolvimento somático e sensório-motor e no padrão adulto do consumo alimentar
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9067
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Nutrição

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8959_1.pdf3,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.