Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9046
Title: Estudo comparativo de técnicas de determinação da composição corporal
Authors: COSTA, Keyla Brandão
Keywords: Composição corporal;Gorduras;Massa magra corporal
Issue Date: 2003
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Brandão Costa, Keyla; Catarine Nepomuceno Pontes Pessoa, Débora. Estudo comparativo de técnicas de determinação da composição corporal. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Abstract: A avaliação da composição corporal apresenta inúmeras aplicações nas áreas da Nutrição e Educação Física, permitindo por meio de técnicas diretas, indiretas e duplamente indiretas, o fracionamento do peso corporal. O presente estudo teve como objetivo principal, analisar as diferenças entre técnicas distintas (pesagem hidrostática, dobras cutâneas, impedância bioelétrica e perimetria) na determinação da composição corporal no modelo de dois componentes (massa gorda e massa magra),em 50 indivíduos do gênero masculino com idade entre 18 e 30 anos. Foram ainda realizadas medidas do peso corporal, estatura e capacidade vital para estimativa do volume residual pulmonar. O recurso estatístico utilizado com o objetivo de determinar e comparar as diferenças da composição corporal obtida pelos quatro métodos foi estatística descritiva, o teste t pareado e a correlação simples de Pearson. Para verificar as diferenças entre as técnicas, foram utilizados ANOVA e comparação múltipla de Post Hoc Scheffé. Os resultados indicam a inexistência de diferenças significativas entre as técnicas duplamente indiretas em relação a elas nas 3 variáveis (%G , MG e MM) , entretanto quando comparadas ao método padrão (pesagem hidrostática) a técnica de perímetros apresenta diferenças significativas apenas em relação ao %G, concluímos que em aplicações clínicas as quatro técnicas podem ser aplicadas, destacando-se também a necessidade de mudança de parâmetro para análise da composição corporal. Pois quando enfocamos apenas o percentual de gordura e a massa gorda, assume-se o modelo de redução de peso e não o da troca de proporções entre massa gorda e massa magra, quando na realidade podemos aumentar a massa magra como forma de reduzir a proporção de gordura corporal
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9046
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8925_1.pdf352.15 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.