Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9037
Título: Fatores morfofuncionais determinantes do tempo de maceração dos alimentos em idosas edêntulas totais
Autor(es): Karênina de Freitas Jordão de Amaral, Ana
Palavras-chave: Mastigação; Edentulismo; Idoso
Data do documento: 2007
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Karênina de Freitas Jordão de Amaral, Ana; Dantas Cabral, Etenildo. Fatores morfofuncionais determinantes do tempo de maceração dos alimentos em idosas edêntulas totais. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Patologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Resumo: Introdução: O avanço nos estudos da saúde tem repercutido no aumento da expectativa de vida. Mas, no Brasil, o envelhecimento populacional não é acompanhado por condições adequadas de saúde oral. A prevalência do edentulismo total é das mais elevadas do mundo e gera conseqüências ao organismo, repercutindo na mastigação. Edêntulos totais apresentam características comuns: perda de tonicidade perioral, tendência à diminuição da abertura oral máxima e dimensão vertical, fadiga muscular, dor e ruídos na articulação temporomandibular. A eficiência mastigatória diminui, surgem alterações na habilidade e tempo para mastigar, apresentam movimentos mandibulares verticais, fazendo maior uso muscular, caracterizando a maceração dos alimentos. Objetivos: Determinar tempo de maceração dos alimentos pão e bolo; e analisar se existe associação entre: idade; tempo de edentulismo; AOM; DV; morfologia e mobilidade da língua na cavidade oral; condição da mucosa oral; presença do uso excessivo da musculatura perioral; dados referidos: sensação de fadiga muscular após maceração, sensação de ressecamento oral, dor e ruídos na região da ATM durante a maceração. Método: Desenvolvido na Clínica-Escola de Odontologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com idosas edêntulas totais atendidas no período letivo 2006.2.; amostra de 33 idosas; critério de inclusão: idade igual ou superior a 60 anos, ser edêntula total não usuária de PT; critério de exclusão: doenças neuromusculares/degenerativas. Estudo analítico, observacional, transversal, aprovado pelo Comitê de Ética da UFPE, sob protocolo: 212/06, com necessidade de uso de termo de consentimento. Utilizou-se protocolo específico para coletar identificação e demais variáveis. Para mensurar DV foi utilizado o método fonético com paquímetro digital, o mesmo utilizado para mensurar AOM, ambas em milímetros (mm). Para o tempo de maceração foram utilizados pão francês e bolo, usando cronômetro. Cada alimento foi macerado três vezes, sendo considerado o último tempo de duração, em segundos. Este procedimento foi filmado, assim como a mobilidade lingual. Para demais variáveis foi utilizada câmera fotográfica digital. Para dados referidos, foram questionadas quanto à presença durante/após a maceração. Foi realizada análise descritiva, com apresentação tabular, além do cálculo das medidas descritivas: média, mediana, mínimo, máximo, desvio padrão. Para análise comparativa das variáveis qualitativas foi utilizado teste Qui-Quadrado de independência ou Teste exato de Fisher quando necessário, sendo todas as conclusões tomadas ao nível de significância de 5%. Resultados: Tempo médio de maceração do bolo: 18,1±6,2 segundos; do pão: 38,3±22,9 segundos; idade média: 67,4±6,8 anos; AOM média: 46,1±7,0 mm; DV média: 55,2±6,2 mm; tempo de edentulismo médio: 22,9 ± 12,98 anos; condição de mucosa oral e mobilidade da língua adequada na maior parte das voluntárias; morfologia da língua: alargada em todas as voluntárias, com aspecto flácido e frênulo adequado na maioria delas; uso excessivo da musculatura perioral na maior parte delas; fadiga após a maceração, ressecamento, dor e ruídos durante a maceração ausente em mais da metade da amostra. Conclusão: Não foram encontradas evidências estatísticas de que os fatores morfofuncionais estudados estejam relacionados com os tempos de maceração dos alimentos na amostra estudada
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9037
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Patologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8852_1.pdf1,73 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.