Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9032
Title: A core biopsy estereotáxica no diagnóstico das lesões mamárias impalpáveis altamente suspeitas de malignidade (categoria mamográfica BI-RADS® 5): um estudo de correlação radiologia/anatomia patológica
Authors: Ferreira Lima Júnior, Álvaro
Keywords: BI-RADS® 5;Core Biopsy;Câncer de Mama
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Ferreira Lima Júnior, Álvaro; do Carmo Carvalho de Abreu-e-Lima, Maria. A core biopsy estereotáxica no diagnóstico das lesões mamárias impalpáveis altamente suspeitas de malignidade (categoria mamográfica BI-RADS® 5): um estudo de correlação radiologia/anatomia patológica. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Patologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: As indicações clínicas da core biopsy obedece aos mesmos critérios utilizados para biópsia cirúrgica, mas não há consenso na literatura quanto a sua indicação para avaliação das lesões na categoria mamográfica BI-RADS® 5 (ACR/Breast Imaging Reporting and Data System). Objetivo: Determinar a associação entre as alterações mamográficas e o diagnóstico histopatológico de material obtido por core biopsy estereotáxica de lesões mamárias impalpáveis classificadas na categoria mamográfica BI-RADS® 5, estabelecendo o valor preditivo positivo da mamografia nas lesões altamente suspeitas de malignidade. Materiais e métodos: Por meio de estudo retrospectivo, transversal, analítico, de comparação entre métodos diagnósticos, foram analisadas 70 core biopsies de lesões mamárias impalpáveis, classificadas radiologicamente como altamente suspeitas de malignidade (BI-RADS® 5), de 70 pacientes, atendidas em serviços privados de Anatomia Patológica e Radiologia da cidade do Recife, Pernambuco, no período de 2001 a 2006. Resultados: Eram do sexo feminino 68 (97,1%) pacientes e 2 (2,9%), do masculino. A idade variou de 17 a 87 anos, com média de 58 ± 15 anos. A mama esquerda foi acometida em 42 (60%) casos e a direita, em 28 (40%). Predominaram localização das lesões no QSE (44 casos; 62,9%) e nódulos irregulares espiculados (49 casos; 70%), 11 (15,7%) dos quais associados a microcalcificações. As microcalcificações estavam presentes em 31(44,3%) casos; sendo 16 (22,9%) casos não associados a nódulos, distorção arquitetural ou densidade assimétrica. As core biopsies foram constituídas por 3 a 16 fragmentos (média: 6±2). Não houve diferença na distribuição de freqüência de número de fragmentos em função dos diagnósticos histopatológicos (p>0,05) ou radiológicos (p=0,63). Houve diagnóstico de: 59 (84,3%) casos de carcinoma, 7 (10%) casos de lesões benignas e 4 (5,7%) com lesão borderline. O carcinoma invasivo foi o mais freqüente (49 casos; 70%) e em 15 (21,4%) casos associou-se a componente in situ. O carcinoma in situ puro correspondeu a 10 (14,3%) casos. Houve associação significante entre nódulos irregulares espiculados e carcinoma invasivo (41 casos; 58,6%; p=0,005). O tipo histológico mais encontrado foi o carcinoma ductal invasivo (34 casos; 69,4%). Dentre os carcinomas invasivos, 36 (73,5%) casos tiveram grau histológico 2, com predomínio da soma dos escores igual a 6 (34 casos; 69,4%). O CDIS padrão comedônico puro associou-se mais freqüentemente às microcalcificações. O valor preditivo positivo da avaliação mamográfica na categoria BI-RADS® 5 foi de 84,3%. O maior valor preditivo positivo foi verificado em nódulo irregular espiculado com microcalcificações, com ou sem, sem microcalcificações e microcalcificações sem nódulo (100%, 87,8%, 84,2% e 75%, respectivamente). Conclusões: A avaliação mamográfica das lesões impalpáveis enquadradas como altamente suspeitas de malignidade foi de alto valor preditivo para o diagnóstico de câncer, a maioria correspondendo a carcinoma invasivo. Os nódulos irregulares espiculados tiveram um alto valor preditivo para o diagnóstico de carcinoma, particularmente, quando associados às microcalcificações
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9032
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Patologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8851_1.pdf4.61 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.