Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8990
Title: Estudo morfuncional do músculo ancôeno através da observação em humanos e eletroneuromiografia de superfície
Authors: CORIOLANO, Maria das Graças Wanderley de Sales
Keywords: Ancôneo;Morfologia;Arquitetura Muscular;Cinesiologia;Àrea de Placa Motora
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: das Graças Wanderley de Sales Coriolano, Maria; Afonso de Amorim Júnior, Adelmar. Estudo morfuncional do músculo ancôeno através da observação em humanos e eletroneuromiografia de superfície. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Patologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Introdução: O músculo ancôneo, que apresenta características peculiares, é mencionado escassamente na literatura científica. Ele é considerado por alguns autores um prolongamento vestigial do m. tríceps braquial, com o qual pode estar fundido, enquanto outros autores o consideram um músculo independente. O m. ancôneo está ativo durante a extensão do cotovelo, porém sua ação extensora efetiva é pequena, sendo o m. tríceps braquial o principal responsável por este movimento. O m. ancôneo parece atuar também como um estabilizador da articulação do cotovelo. Há poucos estudos abordando os aspectos da arquitetura muscular do ancôneo. Objetivo: Este trabalho visou (1) estudar as características morfológicas e arquiteturais do ancôneo, (2) analisar alguns aspectos cinesiológicos que ajudem a clarificar a função do músculo e (3) mapear a sua área de placa motora. Material e Método: Para o estudo morfológico e arquitetural do m. ancôneo dissecamos vinte membros superiores de cadáveres fixados em formol, adultos, sem distinção de sexo, idade ou grupo étnico. Para analisarmos a ação do ancôneo na articulação do cotovelo modelamos sua ação decompondo o vetor de força do músculo em dois componentes funcionais ortogonais: um componente tangencial (único efetivo na produção de movimento rotatório) e um componente radial (estabilizador ou de coaptação). O mapeamento da área de placa motora do m. ancôneo foi realizado a partir do registro do potencial de ação composto do músculo sobre a pele que recobre o m. ancôneo. Resultados e conclusões: O ancôneo é um músculo independente que apresenta origem e inserção distinta do m. tríceps braquial. Do ponto de vista arquitetural o ancôneo é um músculo penado com fibras musculares medindo cerca de um terço do comprimento total do músculo. Portanto, o ancôneo apresenta características de um músculo de força e não de um músculo de excursão. O m. ancôneo encontra-se ativo durante a extensão do cotovelo, porém a maior parte de sua força é modelada pelo componente radial (estabilizador). O componente tangencial, único efetivo na produção de movimento rotatório, é muito pequeno. Portanto, a função principal do m. ancôneo parece ser de estabilizar a articulação do cotovelo durante o movimento de extensão. A área de placa motora do m. ancôneo é uma linha paralela à ulna. Esta disposição da área de placa motora pode ser prevista pela localização do ponto de inervação no meio das fibras musculares e pela forma arquitetônica do ancôneo - um músculo penado com fibras que saem obliquamente de uma expansão tendinosa inserindo-se ao longo da ulna
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8990
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Patologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8820_1.pdf3.36 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.