Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/899
Title: Fungos isolados da rizosfera de plantios de melão (Cucumis melo L. ev. Gold Mine) adubados com compostos orgânicos, destacando os solubilizadores de fósforo
Authors: COUTINHO, Flavia Paiva
Keywords: Meloeiro;Semi-árido;Vale do São Francisco;Adubação;Microrganismos
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Paiva Coutinho, Flavia; Auxiliadora de Queiroz Cavalcanti, Maria. Fungos isolados da rizosfera de plantios de melão (Cucumis melo L. ev. Gold Mine) adubados com compostos orgânicos, destacando os solubilizadores de fósforo. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia de Fungos, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: A rizosfera é a região do solo influenciada pelas raízes, as quais disponibilizam nutrientes através dos exsudados, afetando intensamente a atividade e o desenvolvimento dos microrganismos. Dentre esses, destacam-se os solubilizadores de P, considerados de grande importância na rizosfera por possuírem habilidade para disponibilizar, para as plantas, o fosfato insolúvel presente nos compostos. Foram coletadas amostras de solo rizosférico em áreas cultivadas com melão (Cucumis melo cv. Gold Mine) e adubadas com compostos orgânicos, na região do Vale do São Francisco, Petrolina, Pernambuco, com o objetivo de conhecer a diversidade de fungos filamentosos e avaliá-los quanto à habilidade de solubilização de fosfato. Para o isolamento dos fungos foi utilizada a técnica de diluição em série. As placas foram mantidas em temperatura ambiente (28±1 ºC) e o crescimento de colônias acompanhado por 72h. A identificação das espécies foi realizada pela análise de características macroscópicas da colônia e microscópicas dos fungos. Para avaliar a capacidade dos fungos filamentosos como solubilizadores de P, discos de micélio foram semeados em placa de Petri contendo o meio de cultura GAGES. Foram isoladas e identificadas 78 espécies, pertencentes aos gêneros Alternaria, Aspergillus, Chaetomium, Cladosporium, Curvularia, Emericella, Eupenicillium, Eurotium, Fusarium, Humicola, Monodictys, Myrothecium, Neocosmospora, Paecilomyces, Penicillium, Rhizopus, Scopulariopsis, Scytalidium, Sordaria, Talaromyces, Thielavia, Torula e Trichoderma, além de representantes de Aphyllophorales e Mycelia sterilia. Das 318 amostras de fungos avaliadas, apenas 52 apresentaram habilidade para solubilizar P: Aphyllophorales (02), Aspergillus (34), Penicillium (10) e Rhizopus (06). Os resultados contribuem para o conhecimento das espécies solubilizadoras de P em solos da região e para subsidiar pesquisas que avaliem a capacidade de fungos na solubilização dos adubos fosfatados aplicados na cultura do melão
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/899
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia de Fungos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4612_1.pdf279 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.