Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8928
Título: Influência do melhoramento genético convencional sobre os constituintes do feijão Caupi (Vigna unguiculata (L) Walp)
Autor(es): LIMA, Daisyvângela Eucrêmia da Silva
Palavras-chave: Composição centesimal; Melhoramento genético; Consumo de vegetais
Data do documento: 2005
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Eucrêmia da Silva Lima, Daisyvângela; Barbosa Guerra, Nonete. Influência do melhoramento genético convencional sobre os constituintes do feijão Caupi (Vigna unguiculata (L) Walp). 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Resumo: Considerando que o consumo de vegetais encontra-se associado à redução do risco de algumas doenças degenerativas e que o produto resultante do melhoramento genético pode apresentar características superiores aos grãos convencionais foi realizada esta pesquisa com o objetivo de avaliar a influência do melhoramento genético convencional sobre os constituintes do feijão caupi. Para a consecução deste objetivo, grãos secos da cultivar Esperança, Riso do Ano e IPA- 206 foram submetidos à determinação da composição centesimal, carotenóides totais, clorofila, fenólicos totais e atividade antioxidante. Os resultados relativos à composição centesimal não apresentaram diferenças significativas entre as cultivares, diferindo dos obtidos para carotenóides totais e clorofila que demonstram uma superioridade da cultivar resultante do melhoramento genético. No que concerne aos teores de fenólicos totais a cultivar IPA-206 foi significativamente superior a Riso do Ano e Esperança resultado que não influenciou a ação antioxidante dos seus extratos. Os resultados permitem concluir que: o melhoramento genético não repercutiu sobre a composição centesimal, entretanto, favoreceu: o teor de clorofila e conseqüentemente a coloração dos grãos e carotenóides totais; os valores de fenólicos totais foram mais expressivos na cultivar com tegumento mais escuro IPA-206 e que independente do conteúdo de fenólicos a atividade antioxidante das amostras foram semelhantes nas três cultivares estudadas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8928
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Nutrição

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8758_1.pdf951,31 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.