Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8893
Título: Caracterização da resposta imune humoral e celular em camundongos imunizados com antígeno recombinante CRA de Trypanosoma Cruzi
Autor(es): José Cunha Miranda, Paulo
Palavras-chave: CRA de Trypanosoma; Antígeno Recombinante; Trypanosoma Cruzi
Data do documento: 2002
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: José Cunha Miranda, Paulo; de Miranda Gomes, Yara. Caracterização da resposta imune humoral e celular em camundongos imunizados com antígeno recombinante CRA de Trypanosoma Cruzi. 2002. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Patologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2002.
Resumo: A infecção pelo Tripanosoma cruzi resulta no desenvolvimento de intensa produção de anticorpos e resposta imune celular durante as fases aguda e crônica da doença. O presente trabalho investigou o grau de estimulação da resposta imune, humoral e celular em camundongos BALB/c imunizados com o Ag-Rec CRA de T. cruzi, visando sua utilização em ensaios de imunoproteção. Foram avaliados o perfil isotípico das imunoglobulinas IgG, a reação de hipersensibilidade cutânea, a resposta proliferativa de linfócitos esplênicos e a produção de citocinas intracitoplasmáticas. Os resultados mostraram que o Ag-Rec CRA induziu: 1) um aumento significativo na produção de anticorpos de isotipos IgG2a e IgG3: 2) a produção de IFN-γ por células CD4+ indicando que o CRA induz uma resposta celular tipo Th1 e 3) a produção de TNF-α por células CD8+. Não foi observada diferença significativa na resposta proliferativa associada aos linfócitos T esplênicos frente ao Ag-Rec CRA, quando comparado ao grupo controle sem estimulação. Os animais imunizados com Ag-Rec CRA manifestaram reações de hipersensibilidade imediata, alcançando um pico máximo e, 2 h após a injeção do antígeno, diminuindo lentamente em 24 h. Estes resultados mostraram que o Ag-Rec CRA ativa mecanismos imunes envolvidos na eliminação do parasita e poderá ser importante em induzir a imunidade protetora
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8893
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Patologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8782_1.pdf266,89 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.