Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8839
Title: Pesca de linha e comunidades de peixes recifais na plataforma externa e talude superior da costa leste do Brasil
Authors: SILVA, George Olavo Mattos e
Keywords: Pescarias recifais; Complexo Lutjanidae-Serranidae; Diversidade; Assembleias de peixes; Borda de plataforma; Talude superior; Brazil.
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Olavo Mattos e Silva, George; Padovani Ferreira, Beatrice. Pesca de linha e comunidades de peixes recifais na plataforma externa e talude superior da costa leste do Brasil. 2010. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Oceanografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: Foram investigados dados primários de cruzeiros de pesca experimental com espinhel de fundo visando caracterizar a diversidade, a estrutura de comunidades e padrões de distribuição batimétrica de peixes demersais ao longo da plataforma continental externa e talude superior ao largo da costa brasileira entre as latitudes 13ºS e 22ºS. Mais de 75% das capturas registradas foram de peixes recifais das famílias Serranidae, Lutjanidae, Malacanthidae, Muraenidae, Sparidae, Balistidae, Carangidae, Haemulidae, Scorpaenidae e Priacanthidae. A ocorrência desta fauna característica de ambientes de substrato consolidado indica a existência e importância de formações recifais na zona de borda da plataforma (40-200m) e também no talude superior, até cerca de 500m de profundidade. Os resultados indicaram uma riqueza de espécies mais elevada na zona de borda da plataforma (40-80m), com índices de diversidade caindo mais acentuadamente nos primeiros 200 metros. Esse padrão de variação batimétrica é acompanhado por mudanças na estrutura das comunidades de peixes demersais. Análises multivariadas permitiram a distinção de três diferentes assembléias de espécies separadas primariamente pela isóbata de 200m. A latitude age também como um fator estruturante secundário sobre as comunidades de peixes recifais da zona de borda da plataforma. Os resultados apresentados confirmam a divisão da ictiofauna brasileira da plataforma externa em uma componente tropical, ao norte de 19ºS (grupo A), e outra componente subtropical ao sul dessa latitude (grupo C). Uma terceira assembléia (grupo B) foi identificada no talude superior ao longo de toda a área de estudo. A profundidade máxima de ocorrência de 20 espécies foi ampliada dos limites batimétricos anteriormente registrados. Os resultados reforçam a hipótese de um corredor de dispersão de espécies associadas a formações recifais profundas ao longo da zona de borda da plataforma e maiores profundidades na margem continental Sul-Americana, conectando a província do Atlântico Sudoeste com a província do Caribe. Os recifes de borda da plataforma sustentam importantes pescarias multiespecíficas e proporcionam habitats críticos para o ciclo de vida de muitas espécies de peixes recifais, inclusive sítios de agregação reprodutiva extremamente vulneráveis às pressões humanas. O estudo revela a importância biológica dos recifes de borda como hotspots ecológicos e áreas prioritárias para a conservação no Atlântico Tropical
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8839
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Oceanografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9597_1.pdf3.69 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.