Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8836
Title: A geração de inferências na compreensão de textos em adultos e crianças
Authors: MAIA, Zebina Isabel Santos
Keywords: Geração de inferências; Adultos; Crianças
Issue Date: 2004
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Isabel Santos Maia, Zebina; Galvao Spinllo, Alina. A geração de inferências na compreensão de textos em adultos e crianças. 2004. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia Cognitiva, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Abstract: O presente estudo teve como objetivo investigar a geração de inferências na compreensão de textos em crianças e adultos com diferentes níveis de escolaridade (universitários e adultos com pouca escolaridade), examinando, particularmente a tomada de consciência do processo de construção de inferências, baseado na pesquisa realizada por Mahon (2002). Três grupos de participantes foram examinados: 20 adultos com pouca escolaridade, alunos de programa de educação de jovens e adultos (EJA), correspondendo à 3ª e 4a séries do ensino fundamental; 20 adultos universitários; e 20 crianças, entre 9 e 10 anos de idade, alunas da 3ª série do Ensino Fundamental. A investigação consistiu em duas etapas: Tarefa de Sondagem de Decodificação e Tarefa de Compreensão. A tarefa de sondagem teve por objetivo excluir da amostra, participantes que apresentassem dificuldades de decodificação que pudessem comprometer a compreensão de textos. Os participantes que não apresentavam limitações deste tipo fizeram parte do estudo. A Tarefa de Compreensão consistiu na leitura de um texto através da metodologia on-line, proposta por Mahon (2002) que se caracteriza pela leitura de um texto com interrupções em partes prédeterminadas. O texto foi dividido em sete partes. Após leitura de cada parte eram feitas perguntas inferenciais de diferentes tipos: causais, de estado e de previsão. Imediatamente após a resposta dada a cada pergunta pelo participante, o examinador endereçava perguntas complementares que tinham por objetivo examinar se o leitor era capaz de identificar e explicitar as bases geradoras das respostas dadas às perguntas inferenciais. Os dados foram analisados em função de diferentes tipos de respostas tanto em relação às perguntas inferenciais como em relação às perguntas complementares, sendo feitas comparações entre os três grupos de participantes e entre os diferentes tipos de perguntas inferenciais (causais, de estado e de previsão). De modo geral, tanto em relação às perguntas inferenciais quanto em relação às perguntas complementares, observou-se que os adultos pouco escolarizados e as crianças de 3a série apresentavam um padrão de resultados bastante semelhante, inclusive quanto às dificuldades de compreensão detectadas. Os universitários se distanciavam deste padrão, apresentando um melhor desempenho e uma maior capacidade em identificar e explicitar as bases geradoras de suas inferências. Quanto a este último aspecto, observou-se, ainda, que os entrevistados, particularmente as crianças e os adultos pouco escolarizados, tendiam a identificar como a origem de suas inferências as informações intratextuais (contidas no texto) em detrimento das informações extratextuais (baseadas no conhecimento de mundo do leitor). Os universitários, entretanto, apontavam mais informações extratextuais do que as informações intratextuais como base de suas inferências. Diante dos dados, aponta-se a escolaridade como fator importante na compreensão de textos, mais do que a idade. A escolaridade favorece tanto o estabelecimento de inferências como também a tomada de consciência acerca da geração de inferências. As discussões derivadas deste estudo focalizam aspectos relevantes sobre a compreensão de textos em adultos, em particular, a respeito de adultos pouco escolarizados
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8836
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Psicologia Cognitiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8885_1.pdf50.08 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.