Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8812
Title: Moluscos dos substratos inconsolidados do mediolitoral do estuário do Rio Jaboatão, Pernambuco - Brasil
Authors: Siqueira dos Santos, Wladimir
Keywords: Moluscos;Substratos inconsolidados;Rio Jaboatão - Pernambuco
Issue Date: 2004
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Siqueira dos Santos, Wladimir; de Oliveira Tenorio, Deusinete. Moluscos dos substratos inconsolidados do mediolitoral do estuário do Rio Jaboatão, Pernambuco - Brasil. 2004. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Oceanografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Abstract: Os estuários são considerados ecossistemas com produtividade orgânica elevada, de grande importância para organismos consumidores de diversos níveis tróficos. De um modo geral, os estuários estão sofrendo influência das ações antrópicas, afetando as suas espécies residentes. O rio Jaboatão é importante não somente para a cidade de Jaboatão, como para outras cidades, inclusive o Recife, pois inúmeras famílias vivem da pesca e captura de peixes,crustáceos e moluscos bivalves.Foi criado em março de 2001, pelo Governo do Estado de Pernambuco, o comitê de bacia hidrográfica do Rio Jaboatão, organização que define o uso das águas superficiais, assim espera-se que, este rio seja usado racionalmente pelos municípios abrangidos (Vitória de Santo Antão, Moreno, Cabo de Santo Agostinho, Recife, São Lourenço da Mata e Jaboatão dos Guararapes). Devido a estes fatos e da escassez de referências sobre os moluscos habitantes da área, realizou-se o presente trabalho que tem como principal objetivo à caracterização dos povoamentos de moluscos infaunais do mediolitoral do estuário deste rio, com ênfase nas espécies de importância econômica. Foram demarcadas 6 áreas de estudo com o auxílio de GPS, e traçado um perfil perpendicular às duas margens (esquerda e direita) onde numa área de 10 m² do mediolitoral, foram demarcadas, uma estação de coleta com três réplicas, totalizando quarenta e oito estações.Em cada estação foi utilizado um quadrado com 0,25 m² de área, onde o sedimento foi recolhido até a profundidade de 0,25m. O material obtido foi colocado em sacos plásticos e fixados em campo, com solução de formol a 4%, sendo levados para a secção de Bentos do Departamento de Oceanografia da Universidade Federal de Pernambuco para posterior triagem e identificação das espécies. As amostras recolhidas foram lavadas em peneiras de 0,5 mm e 1,0 mm de abertura original de malha. Em laboratório os animais foram contados, medidos e identificados. Em cada estação foram recolhidas amostras do sedimento para a analise granulométrica. Para cada área de estudo, foram feitas medições da salinidade e temperatura superficiais e oxigênio dissolvido. Foram registrados no estuário do rio Jaboatão 28 espécies pertencentes a 20 famílias.As famílias mais representativas foram Tellinidae, Veneridae e Lucinidae. As espécies que apresentaram o maior número de indivíduos dentre os Bivalves foram: Tagelus plebeius, Anomalocardia brasiliana e Macoma constricta; dentre os Gastrópodes destacaram-se: Neritina virginea, Solariorbis shumoi e Rissoina bryerea. Foi constatado que a margem direita do estuário apresentou uma maior quantidade de indivíduos devido à composição do sedimento, areia fina, e com isto, favorecendo a presença de bancos de bivalves. A área I foi a que apresentou maior número de espécies, devido a grande influência marinha. Dentre os parâmetros ambientais, a salinidade teve grande influência na distribuição das espécies, assim sendo observou-se que Tagelus plebeius foi mais abundante quando a salinidade atingiu valores entre 9,35 e 28,07; Anomalocardia brasiliana quando a salinidade foi entre 24,76 e 31,82; Iphigenia brasiliana mais abundante na faixa de salinidade entre 25,67 a 33,15 e Macoma constricta mais abundante entre as salinidades de 2,40 e 14,97. Estes dados puderam separar as espécies em 3 grupos: tipicamente estuarinas, marinhas e as que ocorrem nos dois ambientes
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8812
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Oceanografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8424_1.pdf1.24 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.