Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8805
Title: Escola de Psiquiatria do Recife: fundação e 1ª sucessão de Ulysses Pernambucano a José Lucena
Authors: Marcello Mendonça Nascimento, Bruno
Keywords: Escola de Psiquiatria; Ulysses Pernambucano; José Lucena; Psiquiatria pernambucana
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Marcello Mendonça Nascimento, Bruno; Coelho Bastos Filho, Othon. Escola de Psiquiatria do Recife: fundação e 1ª sucessão de Ulysses Pernambucano a José Lucena. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Neuropsiquiatria e Ciência do Comportamento, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: O presente trabalho investigou a existência e descreveu a fundação de uma Escola pernambucana de Psiquiatria, ou seja, de um conjunto de estudiosos que, trabalhando em conjunto ou separadamente, compartilharam semelhantes preocupações, interesses e objetivos. Examinou seu surgimento, assim como esboçou as principais características e investigou a adequada nomenclatura propondo que seja conhecida como a Escola de Psiquiatria (Social) do Recife (EPR). Situou o psiquiatra e professor Ulysses Pernambucano como seu patrono e grande incentivador. A obra escrita do fundador da Escola foi analisada em pormenores, contextualizando sua produção científica. A atuação de Ulysses Pernambucano nos mais diversos campos do saber também foi objeto de atenção e, deste modo, analisaram-se seus feitos como docente, psicólogo, diretor de instituições, reformador dos serviços de assistência a doentes mentais no estado de Pernambuco, pensador, homem de ação e, sobretudo, como criador de Escola. Estabelecemos os marcos delimitatórios da fundação da Escola de Psiquiatria do Recife (EPR); relatando suas características, princípios e vertentes. Adentramos no percurso que chegou à 1ª sucessão na EPR; nomeando os continuadores da obra do professor Ulysses Pernambucano, tanto na área psiquiátrica sensu strictu como nas áreas correlatas e afins; detendo-se, mais amiúde, sobre algumas das personagens que o sucederam, tais como os psiquiatras e professores Gildo Neto, Arnaldo Di Lascio, Luiz Cerqueira, René Ribeiro, Zaldo Rocha e José Otávio de Freitas Jr., até chegar 10 naquele que viria a assumir a Cátedra de Psiquiatria da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) em 1953; o professor José Lucena. Sobre este, e a fim de revelar-lhe o papel assumido; demos ênfase a algumas particularidades e caracteres pessoais, por meio de revisão histórica e relato (depoimento) de seus continuadores e discípulos; e, de forma mais detalhada, examinamos sua obra, sua produção científica e o grau de proximidade e vinculação desta com os trabalhos pioneiros de Ulysses Pernambucano, estabelecendo sua filiação, em razão de afinidades de corpo teórico doutrinário, com a EPR. Propôs-se uma nova ordenação da produção científica do professor Lucena, trazendo dados novos como um reagrupamento dos trabalhos analisados, um acréscimo no intuito classificatório e uma atualização do seu valor, à luz da visão psiquiátrica atual. Concluiu-se este estudo com uma análise e interpretação do material estudado, com ênfase no alcance e nas conseqüências de seus resultados, ressalvando que, para tema tão pouco trabalhado como objeto de pesquisa, qualquer consideração conclusiva haveria de ser parcial, em virtude de sua própria natureza e amplitude, embora importante para ensejar novas abordagens sobre o tema
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8805
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Neuropsiquiatria e Ciência do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9493_1.pdf8.95 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.