Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8766
Título: Projeções do côndilo mandibular em radiografias transcraniana e panorâmica e em tomografia convencional corrigida
Autor(es): Martins Novais Barbosa, Joanna
Palavras-chave: Côndilo mandibular;Radiografia panorâmica;Radiografia Transcraniana;Tomografia convencional corrigida
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Martins Novais Barbosa, Joanna; Dantas Cabral, Etenildo. Projeções do côndilo mandibular em radiografias transcraniana e panorâmica e em tomografia convencional corrigida. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Patologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: No presente estudo, o objetivo foi avaliar a projeção da imagem do côndilo mandibular em radiografias transcraniana, panorâmica e em tomografia convencional corrigida e verificar se há influência da angulação horizontal e do comprimento condilar na projeção dessa imagem. A amostra foi composta por 17 cabeças ósseas. Em cada côndilo mandibular, foram fixados marcadores metálicos distintos nas porções lateral, intermédia e medial e nos pólos medial e lateral. Os crânios com suas respectivas mandíbulas foram submetidos a radiografias transcraniana, panorâmica e tomografia convencional corrigida. A angulação horizontal e o comprimento dos côndilos foram determinados através da radiografia submento-vértice. Os posicionamentos dos marcadores foram mensurados e comparados com os posicionamentos das imagens visíveis dos côndilos. Diferenças importantes no sentido horizontal e vertical foram observadas entre a imagem dos marcadores metálicos e a imagem do côndilo. O comprimento condilar não demonstrou nenhuma correlação com a projeção do côndilo mandibular. No entanto em relação à angulação horizontal, na técnica transcraniana observou-se a existência da influência da angulação horizontal nas projeções das porções medial e lateral do côndilo mandibular e, na radiografia panorâmica, na porção lateral. As radiografias transcraniana e panorâmica não são adequadas para uma avaliação precisa do côndilo mandibular, possuindo valor limitado no diagnóstico de alterações ósseas no côndilo, sendo a tomografia corrigida um exame mais apropriado para esta finalidade
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8766
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Patologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo4262_1.pdf6,87 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.