Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/870
Title: Cash-flow-at-risk : análise e aplicação em uma empresa de energia
Authors: da Silva Bego, Marcelo
Keywords: Cash-Flow-at-Risk; EBITDA; Empresas não financeiras; Chesf
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: da Silva Bego, Marcelo; Lucena Raboni, Pierre. Cash-flow-at-risk : análise e aplicação em uma empresa de energia. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: A metodologia do Cash-Flow-at-Risk (CFaR), que busca determinar a pior queda no fluxo de caixa gerada pela influência dos fatores de risco, é fruto das inovações teóricas e técnicas que tomaram força a partir da década de noventa na administração de risco em empresas não financeiras. Este processo de inovação foi impulsionado, tanto pela necessidade de uma administração mais eficiente de risco, no fluxo de caixa e lucro, quanto pelo advento da metodologia do Value-at-Risk. Este trabalho de dissertação objetiva aplicar a metodologia do Cash-Flow-at-Risk desenvolvida por Adrén, Jankensgard e Oxelheim (2005) na Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf). Para isso foram coletados os dados relativos ao EBITDA da Chesf e de um conjunto de prováveis fatores que o EBITDA apresenta exposição. Estes fatores foram escolhidos pelas características do setor elétrico brasileiro, da Chesf e pelos fatores determinados em trabalhos anteriores, que utilizaram empresas deste setor. O cálculo do CFaR da Chesf foi realizado em duas etapas. A primeira utilizou a análise MUST na construção do modelo de exposição, determinando os fatores de risco e a segunda intensiva em simulações, gerando as distribuições para o EBITDA dependente dos fatores e do EBITDA independente. Os resultados da primeira etapa mostram que o EBITDA da Chesf apresenta exposição ao PIB, IGPM e IPCA, enquanto na segunda chega-se ao valor do CFaR condicional de 83.763 milhões e CFaR independente de 100.560 milhões, ambos ao nível de significância de 5%. Agregando as duas distribuições chegou-se ao valor do CFaR da Chesf de 87.184 milhões, com o nível de significância de 5%, valor este, abaixo do verdadeiro valor do EBITDA
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/870
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1184_1.pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.