Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8699
Title: Sintese de reagentes de selênio para utilização como agentes de solvatação e derivatização quiral
Authors: OLIVEIRA, Roberta Ayres de
Keywords: Reagentes; agentes
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Ayres de Oliveira, Roberta; Maria Da Cruz Gonçalves, Simone. Sintese de reagentes de selênio para utilização como agentes de solvatação e derivatização quiral. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Química, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: O crescente interesse em síntese assimétrica e no desenvolvimento de fármacos enantiomericamente puros aumentou a necessidade por metodologias mais confiáveis e práticas para a determinação do excesso enantiomérico de compostos quirais. Desse modo, os métodos quirópticos convencionais baseados na rotação da luz plano-polarizada ao atravessar uma amostra tem sido substituídos por uma grande variedade de métodos, sendo a espectroscopia de RMN uma das mais importantes ferramentas para a análise de moléculas quirais. Atualmente, uma grande variedade de agentes de discriminação quiral em RMN têm sido desenvolvidos para facilitar a determinação de excessos enantioméricos tanto através do uso de Agentes de Derivatização Quiral (CDA) como através de Agentes de Solvatação Quiral (CSA), incluindo Cristais Líquidos e Reagentes com Íons Lantanídeos. Neste trabalho, é descrita a aplicação de compostos de selênio quirais como CDAs ou CSAs através da utilização de RMN 77Se. A primeira parte deste trabalho descreve o uso de uma selenoamina obtida a partir da L-leucina como um CSA na tentativa de determinar o excesso enantiomérico de ácidos carboxílicos α-substituídos. Nesse caso, não foi observada a separação dos sinais de RMN 77Se provavelmente devido à distância entre o átomo de selênio e o centro quiral em análise. Na segunda parte, a partir da L-alanina, um selenoácido quiral foi sintetizado e usado como um CSA. Através da adição de uma mistura racêmica da metilbenzilamina seguida da aquisição do espectro de RMN 77Se, não foi observada a separação dos sinais. Provavelmente, a discriminação dos sinais não ocorreu devido a um processo de epimerização do CSA. Entretanto, um novo CDA foi obtido através da reação de um selenoálcool enantiomericamente puro com ácidos carboxílicos substituídos em um experimento do tipo mix and shake. Houve separação dos picos no espectro de RMN 77Se relativos aos ésteres diastereoméricos resultantes da derivatização. A anisocronia observada correspondeu a uma separação entre 9,0 e 18,2 Hz dependendo do solvente utilizado, e essa diferença foi utilizada para determinar o excesso enantiomérico da amostra
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8699
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9203_1.pdf5.04 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.