Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8660
Title: Conhecimentos dos médicos pediatras com relação à saúde bucal infantil
Authors: BALABAN, Raquel
Keywords: Saúde Bucal;Pediatria;Promoção da saúde
Issue Date: 31-Jan-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Balaban, Raquel; Menezes Aguiar, Carlos. Conhecimentos dos médicos pediatras com relação à saúde bucal infantil. 2012. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.
Abstract: INTRODUÇÃO. Muitos são os profissionais da área de saúde envolvidos com o atendimento na infância. Entretanto, o médico pediatra é o primeiro a ter e manter contato com a criança desde o nascimento. Assim, o médico pediatra está em uma posição ideal para orientar as famílias sobre a prevenção de doenças orais nas suas crianças. Em vista do exposto, o objetivo do presente estudo foi avaliar o conhecimento e as atitudes dos médicos pediatras com relação à saúde bucal dos seus pacientes. MATERIAIS E MÉTODOS. Este é um estudo transversal, realizado no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), Recife, PE.. Os dados foram coletados no período compreendido entre julho e novembro de 2010, por meio de um questionário entregue pessoalmente ao pesquisado. O referido questionário era composto por 38 questões distribuídas da seguinte forma: 9 abordavam questões pessoais; 25 estavam relacionadas a tópicos de saúde bucal; e 4 avaliaram a relação entre o odontopediatra e os pediatras e os conhecimentos sobre saúde bucal repassados durante a graduação e a residência. A população de estudo foi constituída por todos os médicos pediatras do IMIP (213 profissionais). A análise estatística descritiva dos dados foi realizada através do programa estatístico SPSS versão 13.0 (Statistical Package for Social Science). RESULTADOS Apenas 68,1% dos profissionais afirmaram examinar a cavidade oral dos seus pacientes rotineiramente.Dentre os participantes, 72,9% sempre recomendam visitas ao cirurgião dentista e para 63,9% essa visita deve ocorrer até a criança completar um ano. Adicionalmente, 67,8% consideram que seus conhecimentos sobre saúde bucal não são suficientes frente às necessidades do seu dia a dia na prática clínica pediátrica. Grande parte desses profissionais (97,3%) afirmaram que são capazes de realizar o diagnóstico de cárie e o fazem através de cavidades nos dentes (78%), manchas escuras (67%) ou manchas brancas (17,6%). A maioria orienta a higiene bucal rotineiramente (72,2%) e antes mesmo da erupção dos dentes decíduos (59,3%). O dentifrício é recomendado rotineiramente por 61,9% dos pediatras e apenas 29,9% recomendam sempre com flúor. O termo fluorose é desconhecido por 48,3% dos entrevistados. Com relação aos hábitos de sucção não nutritiva, 32,6% é contra e não permite o uso da chupeta, 66,9% não recomenda e não restringe e 0,6% sempre recomendam o seu uso. Também foi observado que 69,3% dos profissionais não orientam a substituição da sucção digital pela chupeta e que 30,4% não conhecem a chupeta ortodôntica. Encontrou-se que 83,4% dos entrevistados classificaram o conteúdo de saúde bucal na graduação como inexistente ou deficiente sendo que esse percentual é ainda grande (72,4%) quando se trata da residência médica. CONCLUSÕES Os médicos pediatras possuem dúvidas com relação a alguns tópicos de saúde bucal. Além disso, o conteúdo de saúde bucal nas graduações e residência é precário e deve ser acrescentado nos currículos e incluído nas atividades de residência desses profissionais. Assim, é importante que se desenvolvam programas de informação direcionados para a classe médica
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8660
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9438_1.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.