Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8656
Título: Limite mínimo de detecção de métodos de análise de Salmonella spp. para alimentos : uma contribuição metodológica
Autor(es): de Freitas Virginio Nunes, Fernanda
Palavras-chave: Salmonella
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: de Freitas Virginio Nunes, Fernanda; Maria Freitas Pires, Edleide. Limite mínimo de detecção de métodos de análise de Salmonella spp. para alimentos : uma contribuição metodológica. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: O advento da creditação e a busca para determinar a qualidade dos dados produzidos vêm aumentando a demanda para validação de métodos de controle de qualidade laboratorial. O limite mínimo de detecção (LOD) é a menor concentração de um analito que pode ser mensurada, estabelecendo desta forma o ponto onde a análise é possível. Baseado nisto objetivou-se desenvolver metodologia para estabelecimento do limite mínimo de detecção de métodos de análise de Salmonella spp. aplicados a alimentos. Inicialmente foi estabelecida a cinética de uma cepa de Salmonella typhimurium ATCC 14028 por um período de 24 horas através da contagem de bactérias (UFC/mL) e leitura da densidade óptica (absorbância) para observação do desenvolvimento do microrganismo em estudo. Os dados experimentais foram ajustados matematicamente pelos modelos de Baranyi e quadrático. Com base na curva padrão foi possível determinar o tempo de incubação necessário para o inóculo atingir a fase estacionária. A partir deste, foram realizadas diluições seriadas até 10-11 das quais as quatro ultimas diluições e a amostra branco foram analisadas concomitantemente por métodos AOAC 967.26 (tradicional) e AOAC 996.08 (rápido). O LOD para os métodos testados foi encontrado na faixa de 1 a 8 UFC/25mL de amostra, não apresentando diferença significativa entre eles (p< 0,05). Na validação do método proposto foi obtida sensibilidade de 100% para ambos os métodos e precisão de 95% para o tradicional e 96,25% para o rápido. Os resultado demonstraram a aplicabilidade do modelo quadrático utilizado no ajuste da cinética microbiana e a metodologia proposta para limite mínimo de detecção aplicada aos métodos de detecção de Salmonella spp. foi satisfatória podendo ser aplicada na rotina laboratorial assegurando maior confiabilidade nos resultados dos ensaios microbiológicos, atendendo as exigências dos protocolos para creditação laboratorial
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8656
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Nutrição

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8566_1.pdf592,66 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.