Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8639
Title: Efeito do substrato fital na comunidade meiofaunística associada, com ênfase aos Nemato livres
Authors: Márcia Cavalcanti da Rocha, Clélia
Keywords: Nematoda livres;Substrato fital;Brasil;Meiofauna
Issue Date: 2003
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Márcia Cavalcanti da Rocha, Clélia; Gomes da Fonseca Genevois, Verônica. Efeito do substrato fital na comunidade meiofaunística associada, com ênfase aos Nemato livres. 2003. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Oceanografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Abstract: Este trabalho consistiu em estudar o povoamento do substrato pela meiofauna (com ênfase aos Nematoda livres) associada às macroalgas Sargassum furcatum, S. polyceratium, Hypnea musciformis, Padina gymnospora e à fanerógama marinha Halodule wrightii , sob a tese de que a estruturação das comunidades meiofaunísticas depende da arquitetura da planta e/ou do estrato ambiental em que esta se desenvolve. Para tanto, foram coletados durante os períodos seco e chuvoso do ano de 2001, exemplares dessas plantas nas praias de Pedra do Xaréu, Candeias e Coroa do Avião, em Pernambuco, e praia do Farol, no Rio de Janeiro. Foram medidas a temperatura e salinidade da água e o índice de precipitação pluviométrica na ocasião das coletas. Medidas de complexidade estrutural do substrato algal foram feitas em laboratório, após o que a meiofauna foi extraída através de técnicas de rotina. Lâminas permanentes foram confeccionadas para o estudo taxonômico e biológico dos Nematoda. Foi feita a estimativa total dos gêneros identificados. Foram realizadas análises de similaridade (ANOSIM) para comparação da estrutura das associações de meiofauna e gêneros de Nematoda entre as amostragens, utilizando-se o índice de similaridade de Bray-Curtis. Para identificar a correlação entre as variáveis ambientais e a estrutura das comunidades da meiofauna e da nematofauna aplicou-se a análise BIOENV. Os parâmetros ambientais considerados determinantes na estruturação das comunidades meiofaunísticas foram a precipitação pluviométrica e a salinidade, assim como a altura e o volume do substrato fital. Estatisticamente, quase todos os substratos fitais abordados diferiram significativamente entre si. A menor diversidade e também a menor densidade meiofaunística foram encontradas em Halodule wrightii. P. gymnospora, que apresentou as maiores densidades meiofaunísticas, e Hypnea musciformis foram consideradas semelhantes estatisticamente no que diz respeito à sua meiofauna associada. Sargassum furcatum e S. polyceratium se distinguiram das outras plantas tanto estruturalmente como em relação à meiofauna. Os grupos meiofaunísticos que mais se destacaram foram os Amphipoda e Copepoda Harpacticoida. Foram determinados 86 gêneros de Nematoda, com 9 novos registros para o Brasil. Destacaram-se os gêneros que apresentam cutículas pontilhadas, assim como os herbívoros. Mecanismos visuais foram praticamente ausentes na nematofauna fital como um todo. A maior diversidade foi observada em Sargassum polyceratium e S. furcatum, onde Hypodontolaimus, Euchromadora, Graphonema, Chromadora, Chromadorina e Oncholaimus dominaram, com gêneros de cutícula lisa ocupando preferencialmente o ápice da planta, ficando o meio e a base desta colonizados por aqueles de cutícula pontilhada. Chromadorina e Oncholaimus também dominaram em Halodule wrightii, acompanhados por Promonhystera. Hypnea musciformis. se destacou das outras plantas, abrigando como gêneros mais abundantes Euchromadora e Acanthoncus, e em Padina gymnospora dominaram Halalaimus, Chromadorina e Euchromadora. A nematofauna associada a todos os substratos fitais distinguiu-se da intersticial da mesma localidade. Estes resultados, quando considerados conjuntamente com aqueles obtidos para a meiofauna total, mostram-se decorrentes tanto da arquitetura como do estrato ambiental em que a planta substrato se desenvolve, vindo a confirmar a hipótese inicial do trabalho
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8639
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Oceanografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8315_1.pdf1.52 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.