Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8564
Title: Representando envelhecimentos nos percursos da hetero e da homossexualidade masculina
Authors: Maria Monteiro Maravilha, Laura
Keywords: Homossexualidade; Heterossexualidade; Representações Sociais; Envelhecimento
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Maria Monteiro Maravilha, Laura; de Fátima de Souza Santos, Maria. Representando envelhecimentos nos percursos da hetero e da homossexualidade masculina. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: Este trabalho teve o objetivo de investigar, através do referencial teórico das Representações Sociais, as idéias de senso-comum - que circulam entre homens heterossexuais e homossexuais- acerca do envelhecimento, a partir das diferenças que a orientação sexual traz para suas vidas. Buscamos compreender também os processos psicossociais subjacentes à representação social do envelhecimento para os grupos estudados; analisar a relação entre envelhecimento e sexualidade e identificar possíveis vantagens e desvantagens vivenciadas pelos homossexuais no processo de senescência, bem como as estratégias de enfrentamento das possíveis desvantagens vivenciadas. A Teoria das Representações Sociais busca compreender as teorias leigas sobre determinados objetos sociais, construídas e compartilhadas de maneira coletiva, que orientam o comportamento dos indivíduos e a relação social entre eles, além de justificar as práticas relativas a esses objetos. Participaram deste estudo 16 homens a partir de sessenta anos de idade; sendo oito homens heterossexuais e oito homossexuais. Para a coleta dos dados, utilizamos o instrumento da entrevista narrativa. Na etapa de análise e interpretação dos dados, realizamos a análise de conteúdo clássica. Observamos que a orientação sexual em si não é determinante para a formação de representações sociais distintas sobre o envelhecimento. Para ambos os grupos, o envelhecimento é representado como processo natural do desenvolvimento humano e marcado por ganhos e perdas. Os ganhos são percebidos na experiência e aprendizado que resultam de uma vida longa, enquanto que as perdas são objetivadas principalmente no declínio físico e na menor inserção e interação social. O envelhecimento aparece ainda como lugar de recompensas e/ou punições para as atitudes desenvolvidas durante a vida. A sexualidade aparece como princípio organizador das práticas sociais que diferenciam heterossexuais e homossexuais no processo de envelhecimento, já que para estes últimos as mudanças estéticas e a diminuição do vigor sexual decorrentes do envelhecimento os instigam a práticas de reparação do corpo e preservação da potência sexual. Para os heterossexuais, o declínio no desempenho sexual é encarado com conformismo e como conseqüência natural do envelhecimento, já que a prática sexual legitimada socialmente perde sua função com o fim da capacidade reprodutiva. Podemos inferir que tais representações apontam para um processo plural e dinâmico no modo de se conceber o envelhecimento e a velhice nas sociedades contemporâneas, visto que ora ancora-se em aspectos biológicos, ora em aspectos sociais ou religiosos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8564
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo749_1.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.