Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8550
Title: A subfamilia turbonillinae Brown, 1849 (Gastropoda, Heterobranchia, Heterostropha) na margem continental do Nordeste do Brasil
Authors: SANTOS, Franklin Noel dos
Keywords: Sistemática; Mollusca; Margem Continental; Nordestina
Issue Date: 2002
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Noel dos Santos, Franklin; de Oliveira Tenorio, Deusinete. A subfamilia turbonillinae Brown, 1849 (Gastropoda, Heterobranchia, Heterostropha) na margem continental do Nordeste do Brasil. 2002. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Oceanografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2002.
Abstract: Informa-se o resultado dos estudo sistemático, ecológico e biogeográfico dos Mollusca, Gastropoda, Turbonillinae, presentes na Margem Continental do Nordeste do Brasil. Os espécimens analisados foram adquiridos através das coleções do Museu de Malacologia Rosa de Lima Silva Mello/Departamento de Pesca da Universidade Federal Rural de Pernambuco e do Laboratório de Bentos/Departamento de Oceanografia da Universidade Federal de Pernambuco. Esse material é proveniente de coletas manuais, mergulho autônomo e através de dragagens realizadas por Navios Oceanográficos e Barcos Pesqueiros. Os exemplares coligidos foram submetidos em laboratório a triagem em microscópio estereoscópico e identificados com a comparação da série-tipo e fotointepretação dos mesmos em alguns casos, e da literatura malacológica. Foram analisados 1025 espécimens em 133 amostras que resultou na identificação de 45 espécies, sendo elas: T. abrupta Bush, 1899, T. atypha Bush, 1899, T. fasciata (Orbigny, 1840), T. multicostata (C. B. Adams, 1850), T. brasiliensis Clessin, 1900, T. coomansi Aartsen, 1994, T. pupoides Orbigny, 1842, T. penistoni Bush, 1899, T. arnoldoi Jong & Coomans, 1988, confirmadas para o Nordeste do Brasil, Turbonilla deboeri ?, T. anira P. Barstch in Dall, 1927, T. protracta Dall, 1892, T. rhabdota Watson, 1886, T. krebsii Jong & Coomans, 1988, são reportadas pela primeira vez para a região, T. aff. obsoleta 1, T. aff. obsoleta 2, T. aff. rhabdota, T. aff. unilirata, T. aff. micans, T. atypha 1, T. atypha 2, T. aff. pilsbry, T. aff. myia, T. aff. rushii, T. sp. A, T. sp. B, T. sp. C, T. sp. D, T. sp. E, T. sp. F, T. sp. G, T. sp. H, T. sp. I, T. sp. J, T. sp. K, T. sp. L, T. sp. M, T. sp. N, T. sp. O., T. sp. P, T. sp. Q., T. sp. R, T. sp. S, T. sp., T. sp. U, T. sp. V, T. sp. X, confirmam a grande abundância específica presente na margem Continental. O estudo ainda mostrou que o Estado de Pernambuco foi o que apresentou maior abundância com 40 espécies. A região de talude mortrou-se um pouco mais abundante (29 espécies) que a região de plataforma (26 espécies). As espécies com maior distribuição geográfica foram T. coomansi (6 estados) e T. deboeri (5 estados)
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8550
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Oceanografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8098_1.pdf15.43 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.