Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8545
Title: Avaliação da efetividade de agentes químicos empregados em procedimentos clareados de dentes desvitais
Authors: Pimentel de Lima, Kátia
Keywords: Dentes Desvitalizados; Clareamento Interno; Alterações Dentinárias
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Pimentel de Lima, Kátia; Heliomar Vicente da Silva, Claudio. Avaliação da efetividade de agentes químicos empregados em procedimentos clareados de dentes desvitais. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: A finalidade deste estudo foi verificar a efetividade e velocidade de agentes clareadores internos, bem como as alterações morfológicas dentinárias propiciadas por estes. Para o teste da efetividade/velocidade de clareamento foram selecionados 50 incisivos bovinos divididos, aleatoriamente, em grupos:1 carbopol (controle);2- perborato de sódio + água destilada; 3- peróxido de carbamida 37% (Phormula Ativa); 4- peróxido de hidrogênio 35% (Phormula Ativa); 5- cristal de uréia (Phormula Ativa). A cada 72 horas foi realizada uma troca do agente clareador, totalizando 05 trocas. Leituras das modificações cromáticas foram realizadas em um momento inicial e a cada troca do agente clareador com auxílio de um colorímetro digital (EasyShade - VITA). Os valores foram registrados na escala VITA e convertidos para valores numéricos para avaliação estatística. Para análise das alterações morfológicas dentinárias em MEV, foram selecionados 9 molares humanos e confeccionados 9 discos de dentina, seccionados na metade, obtendo-se 18 hemi-discos distribuídos, aleatoriamente, em 06 grupos (n=3): 1 Controle; 2- Perborato de Sódio e água destilada; 3 - Peróxido de Carbamida 37%; 4- Peróxido de Hidrogênio 35%; 5 Cristal de Uréia; 6 - Ácido fosfórico 37%. As faces dentinárias foram analisadas em diferentes aumentos (1000X, 3000X, 6000X). Os resultados mostraram que o grupo 5 (cristal de uréia) foi o que apresentou melhor performance na efetividade e velocidade de clareamento e que todos os agentes clareadores causaram alterações estruturais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8545
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8540_1.pdf5.48 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.