Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8538
Title: Entre (des) encontros, tensões e possibilidades : Reforma Psiquiátrica e trabalho em equipe na cidade do Recife
Authors: Catarine Barbosa da Silva, Juliana
Keywords: Reforma Psiquiátrica;trabalho em equipe;saúde mental;discurso e posicionamento
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Catarine Barbosa da Silva, Juliana; De Oliveira Filho, Pedro. Entre (des) encontros, tensões e possibilidades : Reforma Psiquiátrica e trabalho em equipe na cidade do Recife. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: O presente estudo objetiva analisar as produções discursivas de trabalhadores dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) da cidade do Recife sobre o processo de atuação em equipe na saúde mental. Adota como abordagem teórico-metodológica a Psicologia Social Discursiva ou Psicologia Discursiva, uma abordagem construcionista, no interior da psicologia social. Tal perspectiva possui como foco principal a forma como as pessoas descrevem, explicam e significam o mundo a sua volta e a si mesmas. A opção por centrar nossos estudos nos trabalhadores em saúde mental dá-se por acreditamos que, no Brasil, esses profissionais foram os precursores do movimento crítico que visa mudanças teóricas e práticas no paradigma psiquiátrico, a Reforma Psiquiátrica. Compreendemos também que tal movimento é direcionado para a construção de um novo espaço social para a loucura, propondo com isso, que sejam repensadas as atuações de todo o corpo de profissionais que atuam com a saúde mental. Nesse sentido, as novas propostas de intervenção preconizam a atuação em equipe e a busca de dissolução das hierarquias nas relações de trabalho. Durante nosso estudo, que privilegiou uma análise qualitativa, foram realizadas 14 entrevistas semi-estruturadas com profissionais, de distintas especialidades, trabalhadores de dois CAPS do Município de Recife. Realizamos a análise após a transcrição e leitura do material das entrevistas, levando-se em consideração também as observações realizadas nas reuniões do Núcleo de Luta Antimanicomial Libertando Subjetividades . Os discursos produzidos mostram-se bastante polissêmicos e, em alguns casos, contraditórios. O trabalho em equipe ora é nomeado como multiprofissional ora é nomeado como interdisciplinar. Foram observadas também algumas confusões conceituais no que compete à definição desses termos. O trabalho nas equipes dos CAPS foi frequentemente descrito a partir de seus conflitos. A interdisciplinaridade foi considerada por alguns um fator de perda da identidade profissional, uma vez que, segundo esses profissionais, no espaço dos CAPS, poucas funções são tidas como privativas. A invasão da seara de atuação de cada profissional aparece como um dos grandes elementos de tensão no grupo, tensões essas que repercutem em várias esferas do trabalho das equipes. Alguns profissionais ressaltam ainda que as atividades desenvolvidas nos CAPS são voltadas para psicólogos, psiquiatras e psicanalistas, ficando as demais atuações profissionais em segundo plano. Ao observarmos os posicionamentos dos trabalhadores com relação aos usuários verificamos que no espaço dos CAPS ainda são produzidos repertórios tidos como manicomiais. Um elemento, trazido pelos entrevistados como entrave para a consolidação do processo de reforma no município foi à susceptibilidade das questões reformistas às dimensões político-partidárias. Acreditamos que o presente estudo poderá auxiliar nas reflexões e debates das equipes de trabalhadores em saúde mental sobre suas práticas no contexto dos serviços substitutivos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8538
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo743_1.pdf1.26 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.