Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8537
Title: Avaliação da sensibilidade do copépodo Tisbe biminiensis para testes toxicológicos em água e sedimentos estuarinos
Authors: Duda de Oliveira, Deloar
Keywords: Ouriço; Lytechinus variegatus; Tisbe biminiensis; Nitokra sp
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Duda de Oliveira, Deloar; Pereira De Souza Santos, Lilia. Avaliação da sensibilidade do copépodo Tisbe biminiensis para testes toxicológicos em água e sedimentos estuarinos. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Oceanografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Testes de toxicidade são uma ferramenta efetiva na análise da qualidade de água e sedimentos marinhos e estuarinos. O ouriço do mar Lytechinus variegatus é um dos organismos mais utilizado de toxicidade da água, no entanto, ao longo da costa nordestina as populações encontram-se reduzidas e o desenvolvimento de um modelo biológico sensível para a avaliação ecotoxicológica da água faz-se necessário. O teste crônico com náuplios de Tisbe biminiensis consiste na exposição dos náuplios durante 48h ou até que 50% dos indivíduos do controle sejam copepoditos. As amostras ambientais utilizadas nos testes foram coletas no Complexo Estuarino de Suape em 5 diferentes pontos . Já para os testes com sedimentos com a finalidade de observar se há diferença entre os copépodos T. biminiensis e Nitokra sp quando expostas aos mesmos sedimentos, foram escolhidos 3 locais com toxicidade anteriormente comprovada, são eles: os Complexos estuarinos de Santos e São Vicente (Alemoa, Cosipa/Usiminas, Marina e Mariana), Suape e Parque dos Manguezais (Ilha de Deus).. De modo geral os náuplios de T. biminiensis demonstraram o mesmo padrão de resposta dos ouriços e em algumas ocasiões uma maior sensibilidade. Já para os testes com sedimento também foi observado quem os copépodos apresentam padrão de sensibilidade semelhante e em alguns experimentos Nitokra sp demonstrou maior sensibilidade ao sedimento exposto. Logo, náuplios do copépodo T. biminiensis podem ser utilizados com sucesso na avaliação da toxicidade de amostras ambientais de água do mar/estuarinas. E testes com os copépodos T. biminiensis e Nitokra sp mostram um padrão de sensibilidade relativamente semelhante
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8537
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Oceanografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6664_1.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.