Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8523
Title: Análise morfométrica do coração de ratos submetidos à desnutrição e ao exercício físico crônico durante o período de lactação
Authors: Manuella Rodrigues Alves, Renalli
Keywords: Ratos; Desnutrição protéica; Natação; Coração; Cardiomiócitos
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Manuella Rodrigues Alves, Renalli; Teles de Pontes Filho, Nicodemos. Análise morfométrica do coração de ratos submetidos à desnutrição e ao exercício físico crônico durante o período de lactação. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Patologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: O estudo pretendeu observar possíveis alterações morfológicas e morfométricas no coração induzidas pelo exercício físico crônico, na vigência de desnutrição protéica, durante o período de lactação. Foram utilizados 32 ratos Wistar, machos, amamentados por nutrizes com dois tratamentos nutricionais distintos: nutridas, caseína 17%; e desnutridas, caseína 8%, e subdivididos de acordo com a dieta materna e submissão à natação. Resultaram assim, quatro grupos experimentais com oito animais cada: Nutrido controle (NC); Nutrido submetidos à natação (NE); Desnutrido controle (DC) e Desnutrido submetido à natação (DE). Os animais dos grupos NE e DE realizaram um programa de exercício constituído de sessões diárias de natação livre do 8º ao 23º dia de vida. Nos 3 dias iniciais, com os animais na idade de 8, 9 e 10 dias de vida, foi realizada a adaptação na proporção de 2, 5 e 10 minutos, respectivamente, de natação, com período de descanso no 11º e 12º dia de vida. A partir do 13º ao 17º dia nadaram progressivamente 15, 20, 25, 30 e 40 minutos/dia. Descansaram por 2 dias e a partir do 20º ao 23º dia nadaram diariamente 40 minutos/dia. Na análise estatística, considerando p<0,05, podemos observar maior evolução ponderal, maior distância átrio ventricular, maior área secção transversa e espessura da parede do ventrículo esquerdo dos grupos nutridos quando comparados aos grupos desnutridos, não havendo diferença relacionada à natação quando comparados os grupos nutridos (NC, NE) e desnutridos (DC, DE) entre si. O peso absoluto do coração também foi maior nos grupos NC e NE em relação aos grupos DC e DE, porém houve diferença significativa entre os grupos NC e NE. O peso relativo do coração do grupo DC foi significativamente maior que o do grupo NC. Não foram encontradas diferenças nas médias das medidas da área da cavidade do ventrículo esquerdo. Observou-se, ainda, que a área do soma celular dos cardiomiócitos e do seu núcleo foi maior nos grupos nutridos em relação aos desnutridos, e no grupo NE em relação ao NC. Nossos resultados sugerem que na vigência da desnutrição protéica ocorre déficit do substrato necessário para que haja resposta ao aumento do metabolismo celular induzido pelo exercício físico
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8523
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Patologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4203_1.pdf1.51 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.