Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8498
Title: Avaliação do tecido ósseo perimplantar através de técnicas radiográficas convencional e digitais
Authors: Cavalcanti de Abreu, Taciana
Keywords: Osteointegração;Radiologia Odontológica;Implantes Dentários
Issue Date: 2003
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Cavalcanti de Abreu, Taciana; João da Silva, Josimário. Avaliação do tecido ósseo perimplantar através de técnicas radiográficas convencional e digitais. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Abstract: O presente estudo examinou 48 regiões perimplantares de 12 implantes dentários de pacientes que procuraram um serviço especializado. Os pacientes foram radiografados imediatamente após a instalação dos implantes, 15 dias e 3 meses após a sua colocação e 3 meses após Todas as radiografias foram realizadas de maneira padronizada. Quatro sítios foram avaliados em cada implante, dois na mesial e dois distal, sendo um na cervical e outro longo do implante, em cada um dos lados. As seguintes análises radiográficas foram realizadas: análise visual convencional no negatoscópio e análises digitais utilizando os programas Photoshop 6.0 (Adobe Systems Incorporated, Mountain View, California, USA) (análise quantitativa dos níveis de cinza) e o ImageTool 2.0 (University of Texas Health Science Center, San Antonio, Texas, USA) (subtração digital). Com base na metodologia empregada e nos resultados encontrados foi possível concluir que: a) o tempo utilizado não foram suficientes para demonstrar a presença de osteointegração em torno dos implantes dentários; b) as técnicas de análise digitais não puderam detectar osteointegração em menor tempo, quando comparadas à técnica subjetiva de análise visual convencional, nos períodos de tempo avaliados; c) os fenômenos de reabsorção óssea predominaram, principalmente na região cervical do implante; d) a avaliação no negatoscópio e a subtração digital demonstraram que os processos de reabsorção óssea predominam na região cervical do implante, 3 meses após a colocação dos mesmos, enquanto a mensuração dos NC não demonstrou diferença nos resultados obtidos nos dois tempos cirúrgicos avaliados; e) os fenômenos de reabsorção foram mais evidentes na mandíbula, e os de neoformação óssea na maxila; f) a mensuração dos NC com ponto de corte 5 comportou-se diferentemente da mesma análise com ponto de corte 10, assim como a análise no negatoscópio e a subtração digital, e a subtração digital e a mensuração dos NC com ponto de corte de 5; g) em relação aos testes de diagnóstico, a avaliação no negatoscópio, tendo-se como padrão-ouro a análise dos NC, com ponto de corte 5 ou 10, foi a que apresentou maior acurácia; e os piores resultados ocorreram quando o negatoscópio foi considerado o padrão-ouro em relação aos demais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8498
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8523_1.pdf944.12 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.