Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8495
Título: Efeito da reabilitação dental por meio de próteses totais na atividade eletromiográfica dos músculos masseter e supra-hióideos
Autor(es): CALADO, Taciana Figueirêdo de Luna
Palavras-chave: Edêntulo; Eletromiografia; Masseter; Supra-hióideo; Reabilitação
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Figueirêdo de Luna Calado, Taciana; Afonso de Amorim Júnior, Adelmar. Efeito da reabilitação dental por meio de próteses totais na atividade eletromiográfica dos músculos masseter e supra-hióideos. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Patologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: A eletromiografia envolve a detecção e o registro de potenciais elétricos de fibras musculares esqueléticas, sendo então o exame padrão ouro na avaliação do funcionamento muscular. Somando a utilidade da eletromiografia ao fato de existirem estudos que relatam alterações musculares em indivíduos desdentados totais, e ainda, de que poucas pesquisas foram realizadas para verificar as mudanças no funcionamento muscular devido à reabilitação com próteses totais, o objetivo desse trabalho foi analisar o efeito dessa reabilitação na atividade eletromiográfica do masseter e supra-hióideos durante o repouso, o apertamento dental máximo, a máxima abertura de boca e a mastigação habitual. As avaliações foram feitas antes e após três meses da adaptação das próteses bimaxilares totais. Este trabalho teve como população de estudo 25 edentulos totais, sendo 6 do sexo masculino e 19 do sexo feminino, com média de idade de 63,28 anos, os quais estavam vinculados a clínicas de próteses totais para confecção e adaptação de próteses bimaxilares totais. Após a reabilitação protética, os resultados mostraram que, em relação aos músculos masseteres, houve mudanças na atividade eletromiográfica nas provas de repouso e na mastigação habitual. Na posição de repouso, os músculos masseteres demonstraram um aumento da atividade do lado direito e uma diminuição do lado esquerdo, e na mastigação habitual houve uma diminuição da atividade do lado esquerdo. Por outro lado, os músculos suprahióideos tiveram mudanças em suas atividades elétricas com a reabilitação das próteses bimaxilares totais apenas no repouso, ocorrendo um aumento da atividade em ambos os lados. É possível concluir que existe uma influência entre a atividade dos músculos envolvidos com a mastigação e o uso de próteses totais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8495
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Patologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo4198_1.pdf2,34 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.