Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8481
Title: Avaliação dos espaços naso e oro-faríngeos e suas correlações com altereções dimensionais da face em pacientes admitidos no serviço de ortopedia facial da UFPE
Authors: Cavalcanti Bezerra dos Santos, Leonardo
Keywords: Alterações Dimensionais; Espaço Naso e Orofarigeos
Issue Date: 31-Jan-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Cavalcanti Bezerra dos Santos, Leonardo; Eugênio Varela Ayres de Melo, Ricardo. Avaliação dos espaços naso e oro-faríngeos e suas correlações com altereções dimensionais da face em pacientes admitidos no serviço de ortopedia facial da UFPE. 2012. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.
Abstract: A mastigação e a respiração constituem duas ações básicas e fundamentais na manutenção da qualidade de vida do indivíduo. As relações anatômicas e funcionais entre os sistemas respiratórios e mastigatórios são muito próximas e em algumas situações poderão estar correlacionados a uma patologia de etiologia comum, portanto, o diagnóstico de uma deformidade facial deverá levar em consideração as alterações morfológicas e funcionais de ambos os sistemas. O objetivo deste estudo foi o de investigar as possíveis correlações entre os espaços naso e oro-faríngeos e alterações das dimensões verticais, bem como o posicionamento ântero-posterior da maxila e da mandíbula. Foi realizado um estudo retrospectivo em 161 radiografias cefalométricas laterais com análise de McNamara de pacientes admitidos no Serviço de Ortopedia Facial da Universidade Federal de Pernambuco. Os dados foram avaliados pelos métodos estatísticos de Person, Spearm e Kendal todos à níveis de significância de 0,05 %. Os espaços naso e oro-faríngeos mostraram uma correlação positiva com posicionamento ântero-posterior da mandíbula e com posicionamento ântero-posterior da maxila e também com dimensão vertical da face, foi observado uma correlação negativa entre dimensão vertical da face e o posicionamento ântero-posterior da mandíbula. Concluiu-se que houve uma grande incidência de diminuição dos espaços naso-faríngeos na amostra estudada e as correlações foram estatisticamente significantes
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8481
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8513_1.pdf1.61 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.